Busca avançada
Ano de início
Entree

Teores de metais pesados e avaliação de risco à saúde humana em solos de uma bacia hidrográfica

Processo: 11/04453-4
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2011
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Ciência do Solo
Pesquisador responsável:Luís Reynaldo Ferracciú Alleoni
Beneficiário:Evandro Barbosa da Silva
Instituição Sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Manejo do solo   Metais pesados   Avaliação de risco   Riscos ambientais   Bacia hidrográfica
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:avaliação de risco | metal pesado | valores orientadores | Química de solo

Resumo

Os metais pesados ocorrem naturalmente no meio ambiente, mas também podem ser introduzidos como resultado do manejo do solo. Além disso, tanto a concentração natural como a antropogênica podem variar significativamente devido aos processos físicos, químicos e da geografia do local. Elevadas concentrações de metais pesados nas partes comestíveis das plantas podem expor os consumidores a um nível excessivo de elementos potencialmente tóxicos, pois a principal via de exposição humana dos metais pesados é por meio do consumo de vegetais. O Fator de Bioconcentração (FBC) é um parâmetro usado nos modelos de avaliação de risco para estimar a relação entre a concentração do metal na planta e no solo, e subsequente exposição humana por meio do consumo de vegetais. Objetiva-se nesse projeto avaliar os teores e a distribuição dos teores de metais pesados no perfil dos solos da bacia do ribeirão Guamium, região de Piracicaba, SP, e realizar avaliação de risco dos metais pesados. Serão avaliados os teores de Arsênio (As), Cádmio (Cd), Cobalto (Co), Cobre (Cu), Cromo (Cr), Chumbo (Pb), Mercúrio (Hg), Níquel (Ni), Selênio (Se) e Zinco (Zn) em 15 pontos coletados na bacia do Guamium e até 1,2 m de profundidade. Para avaliação de risco à saúde humana será realizado um experimento em vasos, em casa-de-vegetação, no qual serão cultivadas alface (Lactuca sativa L.), pepino (Cucumis sativus L.), beterraba (Beta vulgaris L.) e rúcula (Eruca sativus Mill.) nos solos corrigidos ou não com calcário. As plantas serão cultivadas até a fase em que são consumidas pela população. Será estabelecida relação solo-planta para cálculo do FBC para cada metal em cada solo. O valor crítico dos metais pesados em cada solo será derivado a partir do uso de usando as Planilhas para Avaliação de Risco em Áreas Contaminadas sob Investigação da Cestesb e o modelo de exposição CSOIL 2000. Os resultados serão submetidos à análise de variância pelo teste F. Serão feitas comparações de médias entre os teores dos metais ao longo de cada perfil do solo, assim como a comparação dos teores dos metais na camada de 0-0,2 m em todos os solos da bacia. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
SILVA, Evandro Barbosa da. Teores de elementos potencialmente tóxicos em solos de uma bacia hidrográfica e avaliação de risco à saúde humana. 2013. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALA/BC) Piracicaba.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.