Busca avançada
Ano de início
Entree

Atributos funcionais de espécies arbóreas e a facilitação da regeneração natural em plantio de mata ciliar

Processo: 10/12694-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2011
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Recursos Florestais e Engenharia Florestal - Conservação da Natureza
Pesquisador responsável:Giselda Durigan
Beneficiário:Camila Daronco
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Reflorestamento   Matas ciliares

Resumo

A estrutura e a composição de uma comunidade vegetal em restauração modificam-se ao longo do tempo e dentre os mecanismos que estão envolvidos neste processo de sucessão destaca-se a facilitação, pela qual algumas espécies propiciam a chegada e estabelecimento de outras. Processos de facilitação podem auxiliar na restauração de áreas degradadas e a contribuição de diferentes grupos funcionais de plantas pode ser diferenciada. A compreensão da contribuição de diferentes grupos de plantas pode oferecer diretrizes para o desenho e o manejo de projetos de restauração de forma a maximizar resultados estruturais, florísticos e funcionais das comunidades em restauração. Esta pesquisa será desenvolvida em uma área de mata ciliar em região de cerrado reflorestada há 10 anos, localizada na Floresta Estadual de Assis (município de Assis, SP) com o objetivo de verificar se estão ocorrendo processos de facilitação e buscar padrões eventualmente relacionados a atributos funcionais das espécies plantadas. Cem árvores, de diferentes espécies, serão consideradas unidades amostrais. Como atributos funcionais das espécies serão considerados a deciduidade, a simbiose com bactérias fixadoras de nitrogênio e a síndrome de dispersão. Tamanho e forma dos indivíduos (diâmetro à altura do peito, diâmetro de copa, altura total e altura inferior de copa), variáveis abióticas sob suas copas (luminosidade e umidade do solo) e grau de ocupação por gramíneas invasoras serão registradas e trabalhadas como variáveis explanatórias. O sucesso da regeneração natural será medido pela densidade e riqueza de espécies em regeneração (variáveis resposta), medindo-se e identificando-se todas as plantas com altura mínima de 50 cm, dentro de um raio de 1,26 m a partir do tronco da árvore plantada (área de 5 m2). Por meio de comparações de médias entre grupos funcionais das espécies e análises de correlações entre variáveis explanatórias e variáveis resposta, serão investigados eventuais processos de facilitação da regeneração natural pelas árvores plantadas. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CAMILA DARONCO; ANTÔNIO CARLOS GALVÃO DE MELO; GISELDA DURIGAN. Ecossistema em restauração versus ecossistema de referência: estudo de caso da comunidade vegetal de mata ciliar em região de Cerrado, Assis, SP, Brasil. Hoehnea, v. 40, n. 3, p. 485-498, Set. 2013.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
DARONCO, Camila. Atributos funcionais de espécies arbóreas e a facilitação da regeneração natural em plantios de mata ciliar. 2013. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista (Unesp). Faculdade de Ciências Agronômicas. Botucatu Botucatu.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.