Busca avançada
Ano de início
Entree

PSDB: organização partidária em nível local

Processo: 11/03037-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2011
Vigência (Término): 31 de outubro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Ciência Política
Pesquisador responsável:Pedro José Floriano Ribeiro
Beneficiário:Natalia Martins Gonzaga de Oliveira
Instituição-sede: Centro de Educação e Ciências Humanas (CECH). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Filiação   Partidos políticos   Eleições (processo político)

Resumo

Desde a formação dos partidos e sua vigente ação no cenário nacional, se viu a necessidade de expandir e fixar território; a busca por bons resultados eleitorais talvez não seja suficiente para manter uma organização partidária. O PSDB se desenvolveu muito rapidamente após sua fundação porque se compôs de dissidentes do PMDB que tinham a experiência necessária para elevar e corresponder às expectativas dos eleitores. Isto se confirmou com números eleitorais expressivos em curto prazo, comparado com outras agremiações partidárias. Apesar de ainda ostentar grande poder político no país, o partido encontra dificuldades para manter sua posição. O objetivo deste projeto é analisar o nível de capilaridade do partido, e se o declínio eleitoral verificado nos últimos anos tem sido acompanhado por uma crise organizativa (ou de filiação), a partir de dados disponíveis no site do TSE para o período entre outubro de 2002 e novembro de 2010.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)