Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência de Fatores Clínicos, Genéticos e Bioquímicos no Desenvolvimento de Microalbuminúria em Pacientes com Hipertensão Arterial Sistêmica

Processo: 09/05632-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de abril de 2009
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2011
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Humana e Médica
Pesquisador responsável:Dorotéia Rossi Silva Souza
Beneficiário:Gisele Firmino de Sousa
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (FAMERP). Secretaria de Desenvolvimento Econômico (São Paulo - Estado). São José do Rio Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:08/54174-1 - Influencia de fatores clinicos, geneticos e bioquimicos no desenvolvimento de microalbuminuria em pacientes com hipertensao arterial sistemica, AP.R
Assunto(s):Peptidil dipeptidase A   Hipertensão   Estresse oxidativo   Clínica médica   Angiotensinogênio

Resumo

A ocorrência de lesões em órgãos-alvo é comumente relacionada à presença de hipertensão arterial sistêmica (HAS). Entre essas possíveis lesões, destaca-se a microalbuminúria (MA), condição de etiologia multifatorial capaz de predizer maior morbimortalidade cardiovascular. Entre os possíveis fatores relacionados à ocorrência de MA, destacam-se o estresse oxidativo e os fatores genéticos, com destaque especial para os polimorfismos do sistema renina-angiotensina (SRA). Este estudo tem como objetivos: identificar a prevalência de MA em pacientes com HAS e os fatores associados a essa condição, assim como a associação dessa com a presença de lesões em órgãos-alvo e polimorfismos da Enzima Conversora da Angiotensina (ECA), Angiotensinogênio (AGT) e Enzima Conversora da Angiotensina-2 (ECA-2); correlacionar níveis de MDA com níveis de MA nesses indivíduos. Serão estudados 200 indivíduos com HAS divididos em 2 grupos: G1 (100 indivíduos com MA) e G2 (100 indivíduos sem MA). Será colhido sangue para dosagem de MDA e análise dos polimorfismos genéticos por PCR. Os dados dos pacientes e exames bioquímicos serão obtidos através de prontuário médico. Será admitido nível de significância para p<0,05.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)