Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização sanitária das águas residuárias tratadas para irrigação agrícola

Processo: 09/05576-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de abril de 2009
Vigência (Término): 31 de março de 2010
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Sanitária - Saneamento Básico
Pesquisador responsável:ADOLPHO JOSÉ MELFI
Beneficiário:Thailla Santana Sousa
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:04/14315-4 - Uso de efluentes de esgotos tratados por processos biológicos (lagoas de estabilização e reatores UASB/lodos ativados) em solos agrícolas, AP.TEM
Assunto(s):Águas residuárias   Microbiologia

Resumo

O reúso de efluentes tratados tem sido considerado como uma opção econômica e ambientalmente viável para minimizar a escassez, promover a utilização racional e eficiente para usos mais nobres da água, além de reconhecer o valor dos nutrientes presentes nos efluentes domésticos como nitrogênio e fósforo no aumento da produção agrícola. Para adequar o efluente tratado torna-se importante o emprego de um conjunto de tecnologias com a finalidade de diminuir riscos sanitarios provenientes de esgotos de origem doméstica e ao mesmo tempo promover a produção agrícola no Brasil. Na produção de efluentes tratados são recomendadas as diretrizes sobre a qualidade microbiológica das águas residuárias empregadas para a irrigação de cultivos da OMS (1989), com o intuito de reduzir os riscos potenciais da transmissão de enfermidades de veiculação hídrica e garantir a segurança da saúde da população, e ao mesmo tempo, proporcionar o aumento na produção de produtos agrícolas. Desta forma, é objetivo da presente solicitação de bolsa de treinamento técnico nível 3, propiciar ao estudante treinamento nas atividades de coleta, preparo, técnicas analíticas e análise de dados dos efluentes e solos das áreas experimentais do município de Piracicaba que se inserem no projeto temático, "Uso de efluentes de esgotos tratados por processos biológicos (lagoas de estabilização e reatores UASB/lodos ativados) em solos agrícolas" (processo no 04/14315-4). Especificamente, as amostras de esgoto bruto, efluente final e efluente após desinfecção, e as amostras de solo serão submetidos a análises físico-química: demanda bioquímica (DBO) e demanda química de oxigênio (DQO), nitrogênio total (NT), amoniacal (N-NH4+) e nitrato (N-NO3-); fosforo total e solúvel, sólidos totais (ST), fixos (SF) e voláteis (SV), em suspensão totais (SST), fixos (SSF) e voláteis (SSV), temperatura, pH, absorvância em » = 254 nm e sulfeto e microbiológicas e parasitológicas.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)