Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização de um sistema renina-angiotensina local no tecido gengival de rato

Processo: 08/04362-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de março de 2008
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2009
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Farmacologia Bioquímica e Molecular
Pesquisador responsável:Carlos Ferreira dos Santos
Beneficiário:Bruna Stuchi Centurion
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB). Universidade de São Paulo (USP). Bauru , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:04/13479-3 - Caracterizacao de um sistema renina-angiotensina local no tecido gengival de rato., AP.R
Assunto(s):Sistema renina-angiotensina   Renina   Angiotensina II   Gengiva   Modelos animais

Resumo

O sistema renina-angiotensina (SRA) circulante é um sistema endócrino que promove a produção de angiotensina (Ang) II, a qual exerce seus efeitos pela interação com receptores específicos. O conceito clássico do SRA circulante está sendo modificado, pois tem sido demonstrada a existência de sistemas locais capazes de gerar angiotensinas de forma independente do SRA circulante em vários tecidos. Trabalhos recentes sugerem a existência de alguns componentes do SRA em tecido gengival e fibroblastos gengivais em cultura de diferentes espécies. Porém, não são encontrados na literatura achados inequívocos sobre a presença de importantes componentes do SRA, tais como renina e angiotensinogênio, no tecido gengival. Estudos têm mostrado a participação de outras enzimas, além da ECA, na geração de Ang II. Nosso grupo tem-se dedicado à caracterização de uma destas enzimas, a elastase-2 de rato, porém até o momento não há informação a respeito da expressão desta enzima e da contribuição desta via alternativa ou da ECA para a geração de Ang II em amostras de tecido gengival de rato. Portanto, os objetivos do presente projeto serão: 1) estudar a expressão e localização de componentes do SRA no tecido gengival de rato e 2) caracterizar as vias enzimáticas formadoras de Ang II em homogenato de tecido gengival de rato. As técnicas a serem utilizadas neste projeto serão: extração de RNA total e transcrição reversa-reação em cadeia da polimerase (RT-PCR), Western Blot, imunohistoquímica e ensaios bioquímicos in vitro envolvendo técnicas fluorimétricas e de cromatografia líquida de alto desempenho (HPLC). Após a coleta, os dados serão devidamente analisados por meio de gráficos e tabelas, sendo utilizado o teste t de Student para determinar a significância da diferença entre os grupos dentro do mesmo ensaio. Caso necessário, outros testes poderão ser aplicados. Será adotado nível de significância de 5% para que as diferenças sejam consideradas estatisticamente significativas.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)