Busca avançada
Ano de início
Entree

Frequência de ocorrência de anticorpos anti-Sarcocystis neurona em jumentos (Equus asinus) da região Nordeste do Brasil

Processo: 11/00947-2
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 18 de abril de 2011
Vigência (Término): 17 de junho de 2011
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Medicina Veterinária Preventiva
Pesquisador responsável:Hilda Fátima de Jesus Pena
Beneficiário:Hilda Fátima de Jesus Pena
Anfitrião: David Scott Lindsay
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa: Virginia-Maryland College of Veterinary Medicine, Estados Unidos  
Assunto(s):Jumentos   Asininos   Nordeste

Resumo

O jumento (Equus asinus) é um mamífero pertencente à família dos Equídeos, podendo ser chamado de jegue ou asno. Estes animais ainda apresentam um importante papel na região Nordeste do Brasil. Infecções por coccídias como Toxoplasma gondii, Neospora sp e Sarcocystis neurona em equinos têm sido descritas no Brasil, entretanto nada se sabe sobre a ocorrência desses agentes em jumentos brasileiros. O projeto de pesquisa a ser realizado no exterior pretende determinar a frequência de ocorrência de anticorpos contra S. neurona em jumentos da região Nordeste do Brasil, por meio da Reação de Imunofluorescência Indireta (RIFI) e, comparativamente, por meio do teste de Western blot e do Teste de Aglutinação direta para Sarcocystis neurona (SAT). Durante o período de estágio solicitado será adquirido também o conhecimento das técnicas para o cultivo do agente em meio de cultura e produção de antígeno para RIFI e SAT, pois se pretende introduzir este diagnóstico no laboratório ao retornar ao Brasil. Além disso, é previsto, durante o tempo de visita ao centro de estudo, o treinamento dos métodos para isolamento de S. neurona, uma vez que, havendo jumentos soropositivos entre as amostras analisadas, estes animais, no Brasil, serão sacrificados e tecidos serão colhidos para o isolamento e estudo molecular do parasita, complementando a pesquisa sobre S. neurona em jumentos do Nordeste do Brasil e criando condições para iniciar uma nova linha de pesquisa. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)