Busca avançada
Ano de início
Entree

Inclusão de Óleo Vegetal na Dieta de Bovinos, Machos e Fêmeas, Terminados em Confinamento: Desempenho, Características da Carcaça, Qualidade da Carne e da Fibra Muscular

Processo: 10/17809-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 2011
Vigência (Término): 31 de março de 2013
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Produção Animal
Pesquisador responsável:Alexandre Amstalden Moraes Sampaio
Beneficiário:Emanuel Almeida de Oliveira
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Assunto(s):Ácidos graxos   Maciez   Fêmeas   Óleo de linhaça   Colágeno

Resumo

O presente estudo será desenvolvido com o objetivo de avaliar dietas contendo 80% de concentrado na matéria seca (MS) e diferentes teores de óleo de linhaça, ricos em ácidos graxos polinsaturados (1 %, 3,8 % e 5,2 % na MS), para terminação de bovinos cruzados confinados, e sua influência sobre a ingestão, desempenho, características das carcaças, qualidade da carne e características das fibras musculares. Para isso, serão utilizados 30 bovinos cruzados Nelore x Canchim, sendo 15 machos castrados, com peso de 380 kg e 24 meses de idade, e 15 fêmeas, com 360 kg de peso e 24 meses de idade. Esses animais serão confinados em baias individuais por 112 dias (4 sub-períodos de 28 dias), após adaptação de 21 dias ao manejo alimentar e às instalações. Será utilizado a cana-de-açúcar variedade forrageira IAC 86-2480 como o volumoso exclusivo. As dietas serão oferecidas em duas refeições, permitindo 10 % de sobras. Serão realizados a avaliação do consumo e o controle da ingestão de nutrientes. As pesagens dos animais serão realizadas no início e a cada 28 dias até o final do experimento, precedidas de jejum de alimentos sólidos por 15 horas. Medidas corporais, para a avaliação do desenvolvimento corporal e tomadas de imagens ultrassônicas, para a avaliação do crescimento muscular e adiposo, serão obtidas no primeiro e no último dia do período experimental. Ao final do confinamento, os animais serão enviados a um frigorífico comercial e abatidos de acordo com os procedimentos usuais do estabelecimento. Para a avaliação das características da carcaça serão obtidos o peso da carcaça quente e fria, rendimento, comprimento, largura, área de olho de lombo, espessura de gordura de cobertura, quebra de resfriamento, pH, temperatura, proporção do dianteiro, ponta de agulha e traseiro especial, pesos e rendimentos de alguns cortes comerciais do traseiro. Após o resfriamento das carcaças, será retirado uma amostra da paleta (Triceps Brachii) e uma seção do contrafilé (Longisimus) entre a 9a e a 13a costelas para avaliação da qualidade da carne, que comprenderá: pH, cor da carne e da gordura, capacidade de retenção de água, perdas por cozimento, força de cisalhamento, composição das fibras musculares, colágeno total e solúvel, além da composição e as relações entre ácidos graxos. Para a avaliação estatística será utilizado o delineamento inteiramente ao acaso em esquema fatorial 3 x 2 (teor de óleo x condição sexuais) e cinco repetições.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)