Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação prospectiva da atividade das células t regulatórias da mucosa oral e das glandulas salivares menores e análise da composição salivar dos pacientes submetidos ao transplante alogênico de células tronco hematopoiéticas.

Processo: 11/00165-4
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 2011
Vigência (Término): 30 de setembro de 2013
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia
Pesquisador responsável:Afonso Celso Vigorito
Beneficiário:Camila Cominato Boer
Instituição Sede: Centro de Hematologia e Hemoterapia (HEMOCENTRO). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Transplante homólogo   Linfócitos T reguladores   Saliva
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Células T regulatórias | saliva | transplante alogenico | Medicina Oral

Resumo

A cavidade bucal é um local de freqüentes complicações de transplante de células precursoras hematopoéticas (TCPH). Estas complicações normalmente estão associadas á citotoxicidade dos regimes de condicionamento (quimioterapia e/ou radioterapia) pré-transplante. Clinicamente essas alterações são caracterizadas pela mucosite, e posteriormente, uma das complicações mais importantes do transplante alogênico, é a doença do enxerto contra o hospedeiro (DECH). Esta enfermidade apresenta-se como uma desordem imunológica multisistêmica, que ocorre devido a diferenças nos antígenos de histocompatibilidade maior e menor entre as células enxertadas e as células do hospedeiro. Dos pacientes com DECH, cerca de 80% desenvolvem manifestações orais que se apresentam principalmente como, alterações da mucosa oral e disfunções salivares. Objetivo deste estudo será avaliar prospectivamente, pacientes em diferentes períodos após a realização do TCTH alogênico (Unidade de TCTH/HC - Unicamp), a atividade das células T regulatórias (Treg) em cavidade oral e sua associação com as manifestações clínicas orais, quantificação de fluxo salivar e dos componentes bioquímicos da saliva.Esses pacientes serão avaliados pelo ambulatório de Odontologia, onde os exames de mucosas e das estruturas dentais e serão realizadas biópsias da mucosa oral para análise histopatológica (H&E), imuno-histoquímica para os anticorpos que caracterizam resposta T regulatória (CD4, CD8, CD25, FOXp3). O diagnóstico das lesões bucais de DECH será baseado nos aspectos clínicos, com confirmação através de exame histológico segundo os critérios do NIH. A coleta da saliva não estimulada deverá ser realizada de maneira padronizada para a quantificação salivar em ml/min e avaliação dos componentes bioquímicos da saliva. As informações obtidas serão utilizadas para a construção de um banco de dados. Os dados serão comparados através de tabelas de contingência e teste de qui-quadrado ou exato de Fisher no caso de variáveis categóricas, e através de média, desvio-padrão, mediana e do teste T de Student ou Mann-Whitney. Serão avaliados os respectivos riscos através do cálculo da razão de prevalência e seus respectivos intervalos de confiança. O nível de significância assumido será de 5%.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BOER, C. C.; CORREA, M. E. P.; TENUTA, L. M. A.; SOUZA, C. A.; VIGORITO, A. C.. Post-allogeneic Hematopoietic Stem Cell Transplantation (HSCT) changes in inorganic salivary components. SUPPORTIVE CARE IN CANCER, v. 23, n. 9, p. 2561-2567, . (11/00165-4)
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
BOER, Camila Cominato. Avaliação prospectiva da condição oral e análise dos componentes bioquímicos inorgânicos salivar dos pacientes submetidos ao transplante alogênico de células tronco hematopoiéticas (TCTH). 2015. Tese de Doutorado - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Faculdade de Ciências Médicas Campinas, SP.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.