Busca avançada
Ano de início
Entree

O papel do receptor da pró-renina no infarto agudo do miocárdio no camundongo transgênico que expressa tonina de rato

Processo: 10/19989-4
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2011
Vigência (Término): 31 de maio de 2014
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia de Órgãos e Sistemas
Pesquisador responsável:Dulce Elena Casarini
Beneficiário:Amanda Aparecida Ribeiro
Instituição Sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Infarto do miocárdio   Fisiologia cardiovascular   Renina
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Camundongo trangênico | Infarto Agudo do Miocardio | Pró-renina | Receptor da pró-renina | Renina | tonina | Fisiologia cardíaca

Resumo

Em 2002, com a clonagem do receptor da (pró)renina (RPR) uma nova visão foi conferida a pró-renina. Quando a pró-renina liga-se ao RPR exibe atividade catalítica e aciona vias de sinalização intracelular, implicando, finalmente, em uma função para a enzima. Essas ações podem contribuir significativamente para o desenvolvimento e progressão das lesões de órgãos alvo no diabetes e na hipertensão. Recentemente, um camundongo transgênico que expressa tonina de rato, denominado de TGM(rTon), foi gerado pelo grupo do Prof. Dr. Jorge L. Pesquero e vem sendo muito estudado. Dados iniciais mostraram que este animal apresenta cardioproteção e resistência ao processo de hipertrofia induzida pelo isoproterenol, conferindo a esta enzima um possível papel cardioprotetor. Além desta função, sugerimos que o ambiente com excesso da tonina possa ativar processos de sinalização celular ou alterar a expressão gênica de diferentes peptídeos/enzimas, como a modulação da isoforma N-domínio da ECA, provavelmente, por meio da ativação da síntese de uma secretase. Pela primeira vez, foi mostrada a ação fisiológica da tonina como um importante modulador do sistema renina angiotensina cardíaco, principalmente nos átrios. Assim, resolvemos verificar a modulação do RPR no camundongo transgênico que expressa a tonina, enzima da via alternativa na liberação de angiotensina II (Ang II), submetido ao infarto agudo do miocárdio.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
RIBEIRO, AMANDA A.; AMORIM, REBECA PADRAO; PALOMINO, ZAIRA J.; LIMA, MERCIA DE PAULA; MORAES-SILVA, IVANA CINTHYA; SOUZA, LEANDRO EZEQUIEL; PESQUERO, JORGE LUIZ; IRIGOYEN, MARIA CLAUDIA; CASARINI, DULCE E.. (Pro)renin receptor expression in myocardial infarction in transgenic mice expressing rat tonin. International Journal of Biological Macromolecules, v. 108, p. 817-825, . (10/51904-9, 10/19989-4)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.