Busca avançada
Ano de início
Entree

A autonomia empreendedora ou a legitimação da precariedade? Trabalhadores domiciliares na indústria de calçados

Processo: 10/19602-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2011
Vigência (Término): 30 de novembro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Sociologia - Outras Sociologias Específicas
Pesquisador responsável:Jacob Carlos Lima
Beneficiário:Felipe Rangel Martins
Instituição-sede: Centro de Educação e Ciências Humanas (CECH). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Sociologia do trabalho   Trabalho em domicílio   Empreendedorismo   Indústria calçadista   Trabalho informal   Organização do trabalho

Resumo

Esta pesquisa pretende analisar o trabalho domiciliar informal de trabalhadores no setor calçadista no estado de São Paulo e seu crescimento a partir dos processos de modernização tecnológica e de gestão, deslocamento industrial e generalização da terceirização. Temos como recorte o estudo de bancas de pespontos em três "pólos" produtivos do Estado marcado por grande informalidade: Franca, Jaú e Birigui. A partir de estudos de caso nesses três polos (chamados agora de Arranjos Produtivos Locais) buscaremos perceber mudanças no discurso dos trabalhadores, na qual o trabalho autônomo informal, traveste-se de empreendedorismo dando um verniz modernizador a uma situação de precariedade, não mais vista como transitória, mas constituinte das novas e flexíveis formas de organização do trabalho. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)