Busca avançada
Ano de início
Entree

Comparação da agregometria por impedância e VerifyNow no diagnóstico da hiper-reatividade plaquetária em pacientes com doença coronariana na fase aguda e crônica tratados com aspirina

Processo: 10/17916-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2011
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2011
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:José Carlos Nicolau
Beneficiário:Amanda Lettieri Monteiro
Instituição-sede: Instituto do Coração Professor Euryclides de Jesus Zerbini (INCOR). Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HCFMUSP). Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Agregação plaquetária   Ácido acetilsalicílico   Cardiologia

Resumo

O ácido acetilsalicílico (AAS) compõe o tratamento de primeira linha para pacientes portadores de doença arterial coronariana. Apesar disso, alguns estudos recentes vêm sugerindo que a resposta ao uso regular do AAS não é uniforme em portadores de doença arterial coronariana crônica, sendo ainda pouco estudada no cenário das síndromes coronarianas agudas. No entanto, a falta de padronização e a variabilidade dos testes de agregação plaquetária utilizados para medir a resposta ao AAS não têm permitido uma conclusão definitiva sobre o tema. O objetivo principal dessa análise será avaliar a correlação entre dois métodos de agregação plaquetária bastante difundidos na prática médica, agregometria de sangue total e Verify-Now®. Para tal, serão incluídos 50 pacientes com diagnóstico de síndromes isquêmicas miocárdicas instáveis sem supradesnível do segmento ST, em uso prévio de AAS, para realização das análises de agregação plaquetária nas primeiras 48 horas do início do quadro e três meses após. A presente análise estará vinculada ao estudo "Resposta inadequada ao ácido acetil salicílico na coronariopatia obstrutiva: comparação entre as fases aguda e crônica" (FAPESP nº 2008/58229-5) já em andamento.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)