Busca avançada
Ano de início
Entree

Municipalidades em comitês de bacias hidrográficas: estudo sociológico sobre hierarquias e interdependências

Processo: 10/14396-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2011
Vigência (Término): 31 de agosto de 2012
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Sociologia - Outras Sociologias Específicas
Pesquisador responsável:Rodrigo Constante Martins
Beneficiário:Marcio Junior Teixeira de Lima
Instituição-sede: Centro de Educação e Ciências Humanas (CECH). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:07/59481-7 - A distinção social na governança das águas e do desenvolvimento rural, AP.JP
Assunto(s):Sociologia ambiental   Sociedade e meio ambiente

Resumo

Os comitês de bacias hidrográficas são instâncias descentralizadas que têm objetivo de discutir e decidir as formas como os recursos hídricos devem ser geridos em escala local. A nova forma de governança das águas compreende diversos agentes locais envolvidos no seu uso, como setores da sociedade civil e das prefeituras da região da bacia. Este tema vem sendo abordado pela sociologia ambiental e pelos estudos de políticas públicas, enfatizando principalmente os setores do Estado e da sociedade civil. Para contribuir com este debate, este projeto pretende analisar como se dá a atuação do segmento dos municípios em um comitê de bacia, tomando como estudo de caso o Comitê de Bacia Hidrográfica do Tietê-Jacaré, localizado na região central do estado de São Paulo. Busca-se compreender qual a visão que este segmento tem desta nova forma de gestão, bem como analisar através de procedimentos qualitativos as relações de poder e as interdependências entre os municípios e entre estes e os demais segmentos neste contexto regional específico.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)