Busca avançada
Ano de início
Entree

A contribuição de Vilém Flusser para o desenvolvimento de uma teoria da imagem no contexto dos meios de comunicação.

Processo: 10/05862-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 2011
Vigência (Término): 31 de março de 2013
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Comunicação - Comunicação Visual
Pesquisador responsável:Norval Baitello Junior
Beneficiário:Víctor Manuel Silva Echeto
Instituição-sede: Pró-Reitoria de Pós-Graduação (PRPG). Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Meios de comunicação

Resumo

As imagens agora perdem materialidade e tornam-se impalpáveis por detrás do suporte das telas. Isso requer uma atualização dos quadros teóricos e metodológicos que permitem um estudo em profundidade, arqueológico e cultural, das transformações da imagem. Neste contexto, a pesquisa pretende investigar, no âmbito da teoria da comunicação social, as contribuições de Vilém Flusser para o desenvolvimento de uma teoria da imagem. Assim, vamos investigar, a partir do que Flusser chama de quatro poderes (o poder de ação, o poder de representação, o poder de concepção e o poder da imaginação), a importância adquirida pelas noções de objetos, de imagem técnica, os tangíveis ou coisas, os intangíveis ou não-coisas, os funcionários, as informações puras, os hologramas, os programas de criatividade, da tela tridimensional à zero-dimensional . O objetivo desta pesquisa, portanto, é investigar o estatuto da imagem na contemporaneidade. Para tanto estará centrado nas questões da perda de materialidade que ocorre na imagem visual, construída tecnologicamente e na questão do olhar "digital" de acordo com as abordagens teóricas desenvolvidas por Vilém Flusser. No entanto, para isso, é preciso levar em conta, por um lado, suas primeiras abordagens teóricas, mais perto da fenomenologia da linguagem desenvolvida no Brasil, sobre o poder de ação, o poder de representação e o poder de concepção. Por outro lado, nas obras da última década de vida a teoria da imagem (o poder da imaginação) assume uma posição central na obra de Flusser. Em resumo, investigaremos como o autor muda sua teoria da imagem de um quadro cuja principal referência era a sociedade de consumo, para o ambiente do pós-espetáculo, da simulação e da virtualidade e da digitalização, que produz, por fim, uma autonomia ou uma auto-referencialidade da imagem técnica.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)