Busca avançada
Ano de início
Entree

A língua em além-mar: sentidos à deriva - o discurso da CPLP sobre a língua portuguesa

Processo: 10/15878-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2010
Vigência (Término): 30 de novembro de 2012
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Linguística
Pesquisador responsável:Carolina Maria Rodriguez Zuccolillo
Beneficiário:Luiza Katia Andrade Castello Branco
Instituição-sede: Instituto de Estudos da Linguagem (IEL). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Língua materna   Análise do discurso

Resumo

Este trabalho objetiva compreender o funcionamento do discurso da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) sobre língua portuguesa, fundado a partir de um imaginário de homogeneidade linguística, que produz a evidência de que a língua portuguesa é una e a mesma falada nos seus oito países membros. Para observar e analisar o processo de produção desses efeitos de sentido, nosso corpus se constitui de materiais que tratam sobre língua (portuguesa, africana), e sobre multilinguismo, etnoculturalidade e políticas de línguas. Assim, além de estudos acadêmicos, recolhemos instrumentos normativos elaborados pela UNESCO, pela Academia Africana de Línguas (ACALAN), pela CPLP e pelos governos de seus países membros, tais como Atas, Recomendações, Declarações, Constituições, Acordos, Estatutos, Tratados, Protocolos, Convênios, dentre outros que, no decorrer da pesquisa, se mostrem pertinentes à análise. Adotamos o arcabouço teórico-metodológico da História das Ideias Linguísticas, que, sob um olhar discursivo, conjuga o estudo da produção de um saber metalinguístico, a história da sociedade e a ideologia com o saber linguístico e a língua. Nessa perspectiva, pretendemos descrever e interpretar o modo complexo como o processo de produção de sentidos desse discurso da CPLP funciona quando tomamos como pontos de observação a noção de "lusofonia", e certas noções de "língua nacional", "língua materna" e "política de línguas" articuladas a certas noções de "comunidade", "nação" e "espaço". Nossa hipótese é a de que o gesto de formação de uma comunidade como a CPLP, tal como está concebida, faz silenciar sentidos como o da heterogeneidade própria à língua portuguesa, o da sua relação assimétrica com as outras línguas faladas nesses países, e o das diferentes historicidades determinantes da e determinadas pela relação sempre política entre sujeitos e línguas na disputa por significar. Com esta pesquisa pretendemos nos inserir em algumas reflexões sobre as políticas de língua instauradas no Projeto Temático CAeL (Processo FAPESP - 2004/07734-0) que queremos explorar de modo produtivo para compreender nosso objeto.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
BRANCO, Luiza Katia Andrade Castello. A língua em além-mar : sentidos à deriva - o discurso da CPLP sobre língua portuguesa. 2013. Tese de Doutorado - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Instituto de Estudos da Linguagem.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.