Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo funcional do gene MAPK7, proposto como marcador prognóstico em osteossarcoma.

Processo: 10/10782-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2010
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2014
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Silvia Regina Caminada de Toledo
Beneficiário:Francine Tesser Gamba
Instituição-sede: Instituto de Oncologia Pediátrica (IOP). Grupo de Apoio ao Adolescente e à Criança com Cancer (GRAAC). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Osteossarcoma   Oncologia pediátrica   Análise funcional   Inativação gênica   Mutação

Resumo

Introdução: O osteossarcoma (OS) é um tumor ósseo maligno e entre os tumores ósseos é o que apresenta maior incidência em adolescentes. Ao diagnóstico, a presença de metástase é um fator decisivo. Dessa forma, o foco das pesquisas tem se voltado para um maior entendimento a respeito da biologia básica desse tumor. Em estudo anterior do nosso grupo, observamos que o aumento da expressão gênica de MAPK7 está fortemente associado aos parâmetros clínicos colaborando para uma pior resposta ao tratamento e, conseqüentemente, baixa sobrevida global dos pacientes. Com base nesses achados sugerimos que o gene MAPK7 possa ser um possível marcador prognóstico em OS e que as alterações nos níveis de expressão desta cinase envolvida em importantes vias de sinalização celular poderiam estar contribuindo para a agressividade e progressão do OS. Objetivo: Com base nos resultados obtidos, o objetivo desse trabalho será avaliar a função do gene MAPK7 em duas linhagens celulares de osteossarcoma (MG-63 e U2OS) utilizando técnicas que possam nos mostrar o papel desse gene em OS. Materiais e Métodos: Avaliaremos se o aumento de expressão é resultado de uma mutação no gene MAPK7 através do seqüenciamento gênico em amostras de fragmentos de OS e nas linhagens celulares. Utilizaremos o Silencer® Select Validated siRNA (Ambion) para o silenciamento do gene MAPK7 e posteriormente realizaremos técnicas de viabilidade, proliferação, apoptose, migração e invasão em células silenciadas e não silenciadas para que se possa elucidar o papel do gene MAPK7 como um possível marcador prognóstico em OS.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
TESSER-GAMBA, FRANCINE; PAOLILLO, ALINI TRUJILLO; PANIAGO, MARIO DEL GIUDICE; PETRILLI, ANTONIO SERGIO; SEIXAS ALVES, MARIA TERESA; GARCIA FILHO, REYNALDO JESUS; CAMINADA TOLEDO, SILVIA REGINA. MAPK7 variants related to prognosis and chemotherapy response in osteosarcoma. ANNALS OF DIAGNOSTIC PATHOLOGY, v. 46, JUN 2020. Citações Web of Science: 0.
TESSER-GAMBA, FRANCINE; DA SILVA LOPES, LUANA JOYCE; PETRILLI, ANTONIO SERGIO; CAMINADA TOLEDO, SILVIA REGINA. MAPK7 Gene Controls Proliferation, Migration and Cell Invasion in Osteosarcoma. Molecular Carcinogenesis, v. 55, n. 11, p. 1700-1713, NOV 2016. Citações Web of Science: 11.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.