Busca avançada
Ano de início
Entree

Os paradigmas neoliberal e ambiental na construção da cidade contemporânea: tramas e tendências do discurso hegemônico da sustentabilidade na europa e no brasil

Processo: 10/05382-0
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2010
Vigência (Término): 31 de maio de 2014
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Planejamento Urbano e Regional
Pesquisador responsável:Eduardo Alberto Cusce Nobre
Beneficiário:Fernando Pinto Ribeiro
Instituição Sede: Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Mercado imobiliário   Território   Espaço urbano
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Empreendimento | Espaço Urbano | mercado imobiliario | Sustantabilidade | território | Organização Intra-urbana

Resumo

A proposta deste projeto recai sobre a ação do mercado imobiliário e suas atuais estratégias de expansão a partir das demandas ambientais. Esta ideia central tem sido alvo de interesse através de um estudo de caso específico analisado nos arredores de Florianópolis, onde um grande projeto urbanístico elevado ao nível de "cidade-sustentável" tem recebido relevante atenção nos últimos anos. Este e outros empreendimentos levantam de uma só vez duas questões efetivamente pertinentes para os estudos urbanos: uma são as preocupações com um modelo sustentável de cidade, em que pesem os aspectos ambientais, históricos, urbanísticos e sociais; outra é a expansão de um modelo de urbanização fragmentada, em que a esfera humana e de vivência urbana cede espaço para a segregação e negação da cidade. Deste modo, o objetivo da pesquisa centrar-se-á em analisar a expansão de recentes e novos empreendimentos imobiliários que se apropriam do discurso ambiental. A hipótese principal é que este fenômeno tem aumentado à medida que as demandas ambientais ganham a mídia de massa, e que o setor imobiliário, antes de incorporar tais demandas, se utiliza das mesmas para compor um projeto empresarial .Para isso, o trabalho contextualiza a emergência do paradigma ambiental como categoria que se articula a ideologia neoliberal para assim formular uma agenda hegemônica baseada no termo sustentabilidade. Em seguida, o trabalho busca apontar evidências na Europa e no Brasil das recentes transformações que esta narrativa ambiental traz para a compreensão da cidade atual.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
RIBEIRO, Fernando Pinto. Os paradigmas neoliberal e ambiental na construção da cidade contemporânea: tramas e tendências do discurso hegemônico da sustentabilidade na Europa e no Brasil. 2014. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU/SBI) São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.