Busca avançada
Ano de início
Entree

Meta-análise fitogeográfica do bioma caatinga

Processo: 09/14266-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2010
Vigência (Término): 31 de agosto de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Botânica - Fitogeografia
Pesquisador responsável:Fernando Roberto Martins
Beneficiário:Marcelo Freire Moro
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):11/22498-5 - Meta-análise fitogeografica do bioma Caatinga, BE.EP.DR
Assunto(s):Biodiversidade   Caatinga   Biogeografia

Resumo

As caatingas se constituem em um complexo de fisionomias vegetais caracterizado por árvores e arbustos de pequeno porte e decíduos que ocorrem na maior parte da região semi-árida do Brasil. A caatinga foi, por muito tempo, considerada um bioma pobre em espécies e endemismos, sendo, por vezes, classificada como subordinada floristicamente a outros biomas do continente americano, como a floresta atlântica ou o chaco argentino. Apesar de faltar uma síntese sobre a riqueza florística total das caatingas, estudos recentes mostram que elas possuem um número considerável de espécies, além de endemismos até mesmo em nível genérico. Além disso, as caatingas parecem possuir dois grandes núcleos de biodiversidade vegetal. Um deles associado a áreas de geologia cristalina e outro a áreas de geologia sedimentar. A literatura sugere que o possível núcleo de biodiversidade associado ao cristalino é vinculado à flora das Florestas Tropicais Estacionalmente Secas (SDTF). As SDTF possuíram, durante o pleistoceno, uma extensão geográfica mais ampla, ocupando vastas áreas do continente americano. Atualmente, entretanto, as SDTF estão distribuídas disjuntamente em vários núcleos pelo Continente, dentre os quais as caatingas vinculadas ao cristalino. Do mesmo modo, tem-se postulado que a flora das caatingas sobre o sedimentar teve sua origem na flora xérica do Continente e, portanto, uma gênese distinta da flora do cristalino. O objetivo deste trabalho é testar se a flora das caatingas é organizada segundo núcleos de biodiversidade bem definidos ou se a distribuição das espécies ocorre em gradientes regidos pelos fatores ambientais (clima, solo, relevo, etc). Um banco de dados será construído com todas as espécies registradas em trabalhos de flora e fitossociologia. Análises multivariadas serão aplicadas ao conjunto de espécies compiladas a fim de se determinar se as espécies constituem ou não grupos bem definidos sobre o sedimentar e sobre o cristalino. Em caso positivo, pretende-se comparar a flora das áreas cristalinas e sedimentares para confirmar a afinidade taxonômica destas áreas com a flora das SDTF e a flora xérica, respectivamente. Em caso negativo, análises multivariadas serão aplicadas ao conjunto de espécies para se determinar quais fatores regem a distribuição das espécies. Ao longo deste trabalho, um banco de dados com todos os registros botânicos para o bioma caatinga será gerado, o que possibilitará, além do entendimento dos fatores biogeográficos que regem a distribuição das espécies vegetais nas caatingas, a construção de uma lista florística do conjunto de espécies do bioma, dando ideia da sua riqueza taxonômica, à semelhança do que já foi realizado para o cerrado.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MORO, MARCELO FREIRE; LUGHADHA, EIMEAR NIC; FILER, DENIS L.; DE ARAUJO, FRANCISCA SOARES; MARTINS, FERNANDO ROBERTO. A catalogue of the vascular plants of the Caatinga Phytogeographical Domain: a synthesis of floristic and phytosociological surveys. PHYTOTAXA, v. 160, n. 1, p. 3+, . (09/14266-7, 11/22498-5)
MORO, MARCELO FREIRE; LUGHADHA, EIMEAR NIC; DE ARAUJO, FRANCISCA SOARES; MARTINS, FERNANDO ROBERTO. A Phytogeographical Metaanalysis of the Semiarid Caatinga Domain in Brazil. BOTANICAL REVIEW, v. 82, n. 2, p. 91-148, . (13/15280-9, 09/14266-7, 11/22498-5)
DE OLIVEIRA, LUCIANA DOS SANTOS D.; MORO, MARCELO FREIRE; NIC LUGHADHA, EIMEAR M.; MARTINS, FERNANDO ROBERTO; DE MELO, ANDRE LAURENIO; ESSER, HANS-JOACHIM; SALES, MARGARETH F.. Hidden in the dry woods: Mapping the collection history and distribution of Gymnanthes boticario, a well-collected but very recently described species restricted to the dry vegetation of South America. PHYTOTAXA, v. 97, n. 1, p. 1-16, . (11/22498-5, 09/14266-7)
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
MORO, Marcelo Freire. Síntese florística e biogeográfica do domínio fitogeográfico da caatinga. 2013. Tese de Doutorado - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Instituto de Biologia Campinas, SP.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.