Busca avançada
Ano de início
Entree

Discursos e posições de classe na governança das águas: o caso do Comitê Tietê-Jacaré.

Processo: 09/03134-2
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2009
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2011
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Sociologia - Outras Sociologias Específicas
Pesquisador responsável:Rodrigo Constante Martins
Beneficiário:Rodrigo de Freitas Espinoza
Instituição Sede: Centro de Educação e Ciências Humanas (CECH). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:07/59481-7 - A distinção social na governança das águas e do desenvolvimento rural, AP.JP
Assunto(s):Sociologia ambiental   Sociedade e meio ambiente
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:comites de bacia hidrográfica | governança das águas | sociedade e meio ambiente | sociedade e recursos hídricos | Sociologia ambiental

Resumo

Este projeto de pesquisa discutirá algumas das formas através das qual a questão ambiental se relaciona com certos padrões de racionalidade econômica e de construção do discurso técnico - cientifico. Seu objetivo central é desenvolver uma interpretação sociológica das formas de classificação e hierarquias sociais produzidas nos Comitês de Bacias Hidrográficas, enfatizando os fundamentos de classe dos discursos e as modalidades de autoridades discursivas em construção e/ou consolidadas neste espaço descentralizado de gestão das águas. A base empírica de estudo será a do Comitê de Bacia Hidrográfica do Tietê-Jacaré, localizada na região central do estado de São Paulo.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)