Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise do projeto gráfico de embalagens voltada ao idoso

Processo: 09/02991-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2009
Vigência (Término): 31 de agosto de 2011
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Desenho Industrial - Programação Visual
Pesquisador responsável:Paula da Cruz Landim
Beneficiário:Mariano Lopes de Andrade Neto
Instituição-sede: Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação (FAAC). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Bauru. Bauru , SP, Brasil
Assunto(s):Percepção visual   Comunicação   Projeto gráfico

Resumo

A previsão do aumento substancial da parcela idosa da população brasileira gera a demanda por projetos específicos, orientados pelo conhecimento do processo de envelhecimento e de como levá-lo com qualidade de vida. No caso de projetos de embalagens destinadas a este público, que apresenta uma série de especificidades, inclusive quanto à acuidade visual, os rótulos nem sempre possuem uma comunicação clara e objetiva. E considerando-se que na embalagem enfocam-se as informações como o nome, peso ou quantidade, ingredientes ou materiais utilizados, instruções de consumo ou uso (de acordo com as regulamentações governamentais); a oferta e apresentação destes produtos deve garantir o direito do usuário de ter acesso a todas as informações necessárias de forma eficiente, inclusive sobre os riscos que apresentam à sua saúde e segurança. Portanto, o projeto gráfico da embalagem envolve, além da questão estética, toda a comunicação do produto com o público. Dessa forma, o caráter comunicativo da embalagem precisa criar um discurso persuasivo e informativo. E é esta interface que será o objeto da pesquisa, considerando as informações que devem estar presentes nos rótulos, como também as limitações causadas pelo envelhecimento da população, objetivando investigar os fatores relacionados à percepção informações das embalagens por meio dos idosos, considerando o expressivo aumento desta faixa etária na população brasileira; a busca e o maior acesso às informações pela sociedade em geral; e as normas e legislações referentes à veiculação de informações obrigatórias em rótulos e embalagens, para identificar os parâmetros e tendências que influenciarão no projeto gráfico de embalagem. Para tanto, a pesquisa caracterizada por ser uma abordagem de campo de raciocínio indutivo de alcance regional, será realizada nas seguintes etapas: pesquisa bibliográfica (levantando o conhecimento já publicado sobre o assunto); pesquisa exploratória (investigação de institutos de pesquisa de hábitos do consumidor e, caso não seja possível encontrar dados suficientes, realização de uma pesquisa quantitativa com o público visado questionando sobre hábitos de consumo e principais dificuldades encontradas, delimitando o grupo de embalagens a ser estudado); pesquisa de campo (investigação qualitativa com indivíduos idosos consumidores e não-consumidores dos produtos, com o objetivo de identificar as dificuldades de legibilidade e compreensibilidade das informações presentes nas embalagens, bem como a localização das mesmas); e discussão de definição dos parâmetros (após as coletas de dados, os resultados serão analisados estatisticamente, discutidos com relação ao referencial teórico, para enfim gerar parâmetros para o projeto gráfico de embalagens).

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)