Busca avançada
Ano de início
Entree

Biomarcadores diagnósticos relacionados à atividade da doença periodontal em diabéticos

Processo: 08/11033-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2009
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2012
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Periodontia
Pesquisador responsável:Mario Taba Junior
Beneficiário:Priscila Paganini Costa
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto (FORP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Diagnóstico periodontal   Doenças periodontais   Diabetes mellitus   Saliva   Biomarcadores

Resumo

A periodontite é uma doença inflamatória crônica que tem o Diabetes como fator de risco. A progressão da doença ocorre por meio de ciclos, com períodos de remissão e exacerbação, e pode estar relacionada ao desequilíbrio na homeostasia entre as respostas tipo 1 e 2 das células T helper (Th1 e Th2). O diagnóstico convencional da periodontite é essencialmente clínico e ainda não abrange a avaliação de biomarcadores relacionados à sua atividade. No entanto, recentes estudos têm provado que a saliva é um substrato adequado para determinação de biomarcadores. Este trabalho se propõe a identificar genes candidatos relacionados à resposta do hospedeiro que possam ser validados como potenciais biomarcadores da atividade da doença periodontal em pacientes diabéticos. Os sítios periodontais ativos de pacientes com periodontite crônica associada ou não ao diabetes serão selecionados pelo método de tolerância descrito por Haffajee et al. Biópsias do tecido gengival de sítios ativos serão utilizadas para mapeamento gênico através de "PCR Array". A saliva será coletada antes e dois meses após a terapia periodontal. A partir das informações obtidas no "PCR Array", proteínas salivares serão investigadas pelo imunoensaio "multiplex cytokine profiling" com a finalidade de identificar potenciais biomarcadores salivares relacionados à atividade da doença. O mapeamento da expressão gênica, a identificação de genes candidatos e a utilização da saliva podem ser ferramentas úteis para estratificar pacientes baseados no risco e na atividade da doença, além de indicar potenciais biomarcadores relacionados à periodontite para o desenvolvimento de métodos de diagnóstico clínico. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
. Biomarcadores diagnósticos relacionados à atividade da doença periodontal em diabéticos. 2012. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto (PCARP/BC) Ribeirão Preto.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.