Busca avançada
Ano de início
Entree

A "Chronica do Emperador Clarimundo": espelho de príncipe e encômio da casa real portuguesa na narrativa cavaleiresca de João de Barros

Processo: 08/09763-9
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2009
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2012
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Letras - Outras Literaturas Vernáculas
Pesquisador responsável:Adma Fadul Muhana
Beneficiário:Flávio Antônio Fernandes Reis
Instituição Sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Século XVI   Literatura portuguesa
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Clarimundo | espelho de príncipe | João de Barros | narrativa de cavalaria | Quinhentismo | Seculo XVI | Literatura Portuguesa

Resumo

A "Chronica do Emperador Clarimundo" foi dedicada a D. João III que, segundo João de Barros, acompanhou e emendou a composição da narrativa quando ainda era príncipe. Além disso, as duas primeiras edições do Clarimundo ocorreram em 1522 e em 1555, no começo e no fim do reinado de D. João III. Nossa hipótese é que a invenção da narrativa cavaleiresca de João de Barros tem dois fins principais: compor um "espelho de príncipes", preconizando valores éticos, morais e religiosos; e apresentar um panegírico da monarquia portuguesa na figura do imperador Clarimundo. Sendo assim, os feitos narrados são memória da nobreza de onde provêm os reis portugueses e modelo para o exercício do monarca a quem se dirige a obra. Para estes fins, Barros constitui um ethos de excelência para o caráter de Clarimundo e a inventio da narrativa de cavalaria imita obras de autoridades antigas tais como Salústio, Lívio, Virgílio, Lucano, e outras como o "Orlando Furioso" (1516) de Ariosto e o "Amadis de Gaula" (1508) atribuído a Rodriguez de Montalvo.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
REIS, Flávio Antônio Fernandes. A Prymera parte da cronica do emperador Clarimundo donde os Reys de Portugal desçendem: Retórica e ensinamento moral na crônica de João de Barros. 2013. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH/SBD) São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.