Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito dos corticosteróides na cicatrização das lesões geradas por rf nas veias pulmonares de suínos: implicações para a ablação da fibrilação atrial.

Processo: 08/08758-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2009
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2011
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Guilherme Drummond Fenelon Costa
Beneficiário:Thais Aguiar Do Nascimento
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Fibrilação atrial   Veias pulmonares   Ablação por cateter   Suínos   Cardiologia

Resumo

A estenose das veias pulmonares (VPs) é uma complicação indesejada da ablação da fibrilação atrial e diversos tipos de abordagens têm sido alvo de estudo na tentativa da sua prevenção. Os efeitos da aplicação de radiofreqüência em tecidos venosos foram estudados em modelos animais (cães e suínos) elucidando os mecanismos fisiopatológicos de formação da lesão. Demonstrou-se que o processo inflamatório faz parte deste mecanismo. Desta forma, a hipótese da ação antiinflamatória dos corticóides passou a ser alvo de estudo na prevenção da estenose. O objetivo deste trabalho é avaliar qualitativamente e quantitativamente através de angiografia e análise histológica o efeito da administração dos corticóides nas VPs de suínos após período de 80 dias da aplicação de radiofreqüência. Os mecanismos de lesão aguda também serão avaliados. Serão utilizados 15 porcos (n=5 para grupo agudo e n=10 para grupo crônico) da raça minipig, sexo masculino com 35Kg. Guiados por radioscopia e ecocardiograma intracardíaco será realizada a aplicação linear de RF na junção veno-atriais da VP. Será realizada angiografia antes, imediatamente após (grupos agudo e crônico) e após período de 80 dias da aplicação de RF (grupo crônico). Os 10 animais do grupo crônico serão subdivididos em grupo tratamento, que receberá corticóide por 30 dias e grupo controle. As análises angiográficas e histológicas dos grupos serão realizadas após o sacrifício dos suínos (1h após a aplicação de RF para o grupo agudo, após o seguimento para o grupo crônico). Acredita-se que os corticóides poderão exercer efeito de prevenção ou atenuação do grau de estenose alongo prazo, o que será de grande importância para a prática clínica dos eletrofisiologistas.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)