Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise de parâmetros de força e padrão de nado de ratos controles e obesos, a partir de um sistema de aquisição de sinais em natação atada. influência da intensidade do exercício e da densidade corporal

Processo: 08/03445-5
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2009
Vigência (Término): 30 de abril de 2010
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Educação Física
Pesquisador responsável:Claudio Alexandre Gobatto
Beneficiário:Ivan Gustavo Masselli dos Reis
Instituição Sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro , SP, Brasil
Assunto(s):Fisiologia do exercício   Dieta de cafeteria
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:determinação de intensidade de esforço | fisiologia do exercício | intensidade de exercício determinada pela densidade corporal | Máxima Fase Estável de Lactato | natação de ratos | Fisiologia do Exercício

Resumo

Nos protocolos de natação para ratos, estes são submetidos ao exercício juntamente com cargas atadas ao dorso, a fim de impor e quantificar diferentes intensidades de esforço. A metodologia mais utilizada, para a prescrição da sobrecarga, usa como parâmetro o peso corporal do animal. Tal metodologia de prescrição da sobrecarga pode ser passível de imprecisão em animais obesos uma vez que não são levados em consideração fatores que podem ser relevantes como a composição e a densidade corporais do animal. Desse modo, é possível que ratos com maior quantidade de tecido adiposo possuam uma menor densidade, facilitando sua flutuação e implicando em uma menor intensidade de trabalho em relação a animais com mais massa magra. No presente projeto propomos o desenvolvimento de uma nova linha de investigação para o modelo de natação de ratos. Trata-se de um nado atado para ratos, através do qual esperamos aperfeiçoar a avaliação, tanto em termos de sensibilidade na determinação de cargas (em função da densidade corporal), quanto em investigar novos parâmetros associados à natação animal. No novo modelo os animais nadarão atados, através de uma corda elástica, e conectados a um sistema de aquisição de sinais (strain gage, módulo de aquisição de dados - National Instrumentsâ, computador e software - Labviewâ) que permitirá o monitoramento em alta frequência (1000 Hz) da força de nado realizada pelo rato durante toda a duração do exercício. Pretendemos ainda, utilizar o novo aparato na avaliação da MFEL em ratos normais e induzidos à obesidade por meio da dieta de cafeteria, para determinar as possíveis diferenças entre animais com diferentes composições corporais.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DOS REIS, IVAN G. M.; MARTINS, LUIZ E. B.; DE ARAUJO, GUSTAVO G.; GOBATTO, CLAUDIO A.. Forced Swim Reliability for Exercise Testing in Rats by a Tethered Swimming Apparatus. FRONTIERS IN PHYSIOLOGY, v. 9, . (06/61189-0, 11/08284-2, 08/03445-5)
MASSELLI DOS REIS, IVAN GUSTAVO; DE ARAUJO, GUSTAVO GOMES; GOBATTO, CLAUDIO ALEXANDRE. Maximal lactate steady state in swimming rats by a body density-related method of workload quantification. COMPARATIVE EXERCISE PHYSIOLOGY, v. 7, n. 4, p. 6-pg., . (08/03445-5, 06/61189-0, 04/01205-6, 11/08284-2, 06/58411-2)
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
REIS, Ivan Gustavo Masselli dos. Análise de parâmetros de força e padrão de nado de ratos controles e obesos, a partir de um sistema de aquisição de sinais em natação atada: Influência da intensidade do exercício e da densidade corporal. 2010. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista (Unesp). Instituto de Biociências. Rio Claro Rio Claro.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.