Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação morfológica e molecular da elastogênese em tecidos adultos no modelo da sínfise púbica de camundongos fêmeas deficientes em fibrilina-1 durante a prenhez

Processo: 08/56492-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2009
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2011
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Morfologia - Histologia
Pesquisador responsável:Paulo Pinto Joazeiro
Beneficiário:Sílvio Roberto Consonni
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Biologia reprodutiva   Elastina   Matriz extracelular

Resumo

A organização fibras elásticas envolve o recrutamento e a deposição de várias moléculas em uma seqüência altamente regulada para garantir as características elásticas peculiares de cada órgão e a homeostase das fibras. De uma maneira geral, a expressão de elastina é limitada ao final do desenvolvimento, entretanto durante a prenhez, na sínfise púbica, ocorre um turnover significativo de elastina com profunda remodelação tecidual. Este processo, que ocorre durante a vida adulta, tem características únicas, constituindo-se como um importante modelo para estudos que permitam um melhor esclarecimento da formação das fibras elásticas. Em particular no camundongo, a sínfise púbica, articulação fibrocartilaginosa constituinte da pelve, sofre adaptações durante a prenhez. Estudos caracterizaram tais adaptações como a "transformação" da sínfise em um ligamento interpúbico. A "transformação" tem sido associada à plasticidade dos tecidos conjuntivos que compõem a articulação; sendo regulada por hormônios. Diferentes combinações das proteínas fibrilares e elastina podem participar na abertura e no fechamento da articulação púbica do camundongo em um processo associado à morfogênese, reparo e regeneração de tecido. Neste sentido, a sínfise púbica do camundongo constitui-se um modelo adequado para o estudo da modulação fenotípica das células e do metabolismo da matriz em tecidos adultos, uma vez que a síntese e a degradação da matriz ocorrem em um curto intervalo de tempo. Nos últimos anos, experimentos com camundongos geneticamente modificados, deficientes em proteínas (LOXL1 e Fibulina-5) necessárias à síntese das fibras elásticas, foram utilizados para o estudo de prolapso de órgãos pélvicos. Neste sentido, o estudo da elastogênese no camundongo deficiente em Fibrilina-1 pode auxiliar na compreensão dos mecanismos reguladores deste fenômeno raro em tecidos adultos. Assim, este trabalho se propõe investigar a elastogênese em tecidos adultos na sínfise púbica de camundongos selvagens e deficientes em Fibrilina-1 durante a prenhez, avaliando a) a morfologia das fibras elásticas através das técnicas de microscopia de luz e eletrônica de transmissão; e b) a expressão qualitativa e quantitativa de LOX, de LOXL1, de Fibulina-5, de tropoelastina e de Fibrilina-1 através da imunohistoquímica, do Western-Blotting e do Real-Time PCR. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CONSONNI, SILVIO ROBERTO; WERNECK, CLAUDIO CHRYSOSTOMO; SOBREIRA, DEBORA RODRIGUES; KUEHNE, FABIANA; MORAES, SUZANA GUIMARAES; ALVARES, LUCIA ELVIRA; JOAZEIRO, PAULO PINTO. Elastic Fiber Assembly in the Adult Mouse Pubic Symphysis During Pregnancy and Postpartum. BIOLOGY OF REPRODUCTION, v. 86, n. 5 MAY 2012. Citações Web of Science: 4.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
CONSONNI, Sílvio Roberto. Avaliação morfológica, bioquímica e molecular da elastogênese em tecidos adultos no modelo da sínfise púbica de camundongos durante e após a prenhez. 2011. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Instituto de Biologia.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.