Busca avançada
Ano de início
Entree

Educação sexual: interdiscurso e gênese de dois posicionamentos discursivos

Processo: 08/53363-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2008
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2011
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Linguística - Teoria e Análise Lingüística
Pesquisador responsável:Sirio Possenti
Beneficiário:Marcela Franco Fossey
Instituição-sede: Instituto de Estudos da Linguagem (IEL). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Educação sexual   Posicionamento

Resumo

O tema da educação sexual vem adquirindo cada vez mais importância em nossa sociedade nas últimas duas décadas. Em especial, três fatores relacionados às práticas sexuais dos indivíduos têm papel relevante neste cenário: a disseminação da ideia de controle de natalidade como uma forma de melhorar a qualidade de vida das populações do mundo, especialmente aquelas situadas em regiões menos desenvolvidas economicamente; o início precoce da vida sexual e o aumento do número de adolescentes grávidas; e a explosão, em meados da década de 80 do século passado, de casos de AIDS em pessoas que não faziam parte daquele grupo que era reconhecido, até então, como "grupo de risco" (homossexuais, prostitutas, usuários de drogas injetáveis). Diante deste conjunto de fatores, uma vasta produção textual-discursiva passou a circular em nossa sociedade com o objetivo de instruir os sujeitos a respeito de como deve ser uma conduta sexual sadia. Em geral, esses textos buscam divulgar noções como as de sexo seguro e gravidez planejada. Paralelamente, a Igreja Católica começou a fazer circular documentos que também tratam da sexualidade humana, porém de outra perspectiva. Idéias como as de sexo seguro ou de contracepção são duramente criticadas pela Igreja, que propõe outras condutas para que as pessoas vivam sua sexualidade de maneira adequada: abstinência sexual e fidelidade no casamento. Neste espaço discursivo, há, portanto, pelo menos dois posicionamentos em confronto - que chamamos de "laico" e de "cristão" - que se consideram, cada um deles, o mais apto a orientar as pessoas em relação às práticas sexuais seguras. Assim sendo, a proposta central desta pesquisa será definir e descrever este espaço de onde emergem discursos tão diversos a respeito da sexualidade humana. O respaldo teórico será o da Análise do Discurso francesa, mais especificamente os trabalhos desenvolvidos por Dominique Maingueneau (1984, 1987, 2006). (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
FOSSEY, Marcela Franco. Polêmica sobre sexo saudável : uma abordagem discursiva. 2011. Tese de Doutorado - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Instituto de Estudos da Linguagem.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.