Busca avançada
Ano de início
Entree

Habilidades sociais de crianças com diferentes necessidades educacionais especiais: comparações múltiplas

Processo: 08/50877-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2008
Vigência (Término): 31 de março de 2011
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Psicologia do Desenvolvimento Humano
Pesquisador responsável:Zilda Aparecida Pereira Del Prette
Beneficiário:Lucas Cordeiro Freitas
Instituição-sede: Centro de Educação e Ciências Humanas (CECH). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Avaliação do professor   Desenvolvimento infantil   Habilidades sociais   Crianças

Resumo

A literatura tem demonstrado que déficits no repertório de habilidades sociais estão associados a diversos problemas psicossociais tais como depressão, ansiedade, estresse, isolamento social, agressividade, comportamentos opositores e antissociais, hiperatividade e baixa autoestima. Alguns estudos internacionais de avaliação têm mostrado que, em geral, existe um comprometimento de habilidades sociais na deficiência mental, deficiências sensoriais e outros quadros de necessidades educacionais especiais. Há, entretanto, uma lacuna existente na literatura quanto a uma comparação mais ampla do repertório social de uma diversidade maior de diagnósticos infantis, que inclua, simultaneamente, deficiências sensoriais (auditiva, visual e surda-cegueira), crianças com déficit de atenção e hiperatividade, autismo, superdotação/altas habilidades, dentre outros. O presente estudo visa suprir essa lacuna, tendo como objetivos; (a) comparar, com base na avaliação do professor, o repertório de habilidades sociais de crianças de 12 diferentes grupos diagnósticos buscando-se identificar diferenças e semelhanças entre os grupos, (b) identificar recursos e déficits em habilidades sociais de cada um dos 12 diferentes grupos diagnósticos, (c) identificar as habilidades sociais mais importantes, na perspectiva do professor, para cada um dos 12 grupos de crianças e (d) elaborar diretrizes para a atuação de educadores junto a cada grupo específico de estudantes, com base nos déficits e recursos identificados. Participarão da pesquisa os professores de 180 estudantes de escolas regulares e especiais, de três estados brasileiros, que responderão ao Sistema de Avaliação de Habilidades Sociais (SSRS-BR), que avalia habilidades sociais, problemas de comportamento e competência acadêmica. Para comparar o repertório de habilidades sociais dos 12 grupos, será utilizado o teste estatístico ANCOVA, que permite comparar a média obtida por três ou mais grupos simultaneamente. Os recursos e déficits de habilidades sociais dentro de um mesmo grupo diagnóstico serão verificados por meio de estatísticas descritivas. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)