Busca avançada
Ano de início
Entree

Instrumentos de Avaliacao Pos Ocupacao (APO) adaptados aos pre-escolares com deficiencia fisica, auditiva e visual.

Processo: 08/50463-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de maio de 2008
Vigência (Término): 30 de abril de 2011
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Arquitetura e Urbanismo - Tecnologia de Arquitetura e Urbanismo
Pesquisador responsável:Rosária Ono
Beneficiário:Tania Pietzschke Abate
Instituição-sede: Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Desenho universal   Ergonomia   Acessibilidade

Resumo

Objetivando estudar ambientes pré-escolares inclusivos e não inclusivos parte-se da noção de Ergonomia e Acessibilidade, optando-se por analisar o objeto arquitetônico sob os conceitos provenientes tanto da Arquitetura (especialmente da Avaliação Pós-Ocupação), quanto das Ciências Sociais (Psicologia Ambiental), a fim de se otimizar projetos de intervenção no setor. Partindo-se deste raciocínio foram delineadas algumas perguntas iniciais. Quais são os elementos (construídos e/ou não) essenciais para o pleno desenvolvimento e a integração da criança portadora de deficiência física, auditiva, visual, mental ou múltipla e da criança não portadora de deficiência? Atualmente as escolas brasileiras dispõem destas condições? Como aplicar e socializar esse conhecimento para alimentar o processo projetual em arquitetura de modo a tornar os espaços pré-escolares acessíveis a todas as crianças? Na resposta a tais indagações pretende-se iniciar uma detalhada revisão bibliográfica, envolvendo as diversas áreas de conhecimento pertinentes ao problema, bem como as leis/normas. nacionais e internacionais que regem o setor, a fim de se delinear um panorama geral. Num segundo momento será realizado o estudo empírico, envolvendo pré-escolas inclusivas e não inclusivas visando a comprovação ou não das hipóteses levantadas. Os dados necessários serão apreendidos através de métodos e técnicas destinados a Avaliação Pós-Ocupação - APO, a qual será utilizada como ferramenta para o estudo do ambiente construído durante o seu processo de utilização, analisando e relacionando entre si aspectos físicos/técnicos, funcionais e comportamentais. Como produto final objetiva-se, traçar um amplo diagnóstico comparativo das escolas envolvidas, encaminharem orientações e diretrizes que possam tornar os espaços escolares acessíveis a todas as crianças. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)