Busca avançada
Ano de início
Entree

Influencia de densidades do laser de baixa intensidade sobre o musculo masseter de gerbil "meriones unguiculatus".

Processo: 07/57514-5
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2008
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2010
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia
Pesquisador responsável:Mamie Mizusaki Iyomasa
Beneficiário:Fernando José Dias
Instituição Sede: Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto (FORP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Imuno-histoquímica   Músculo masseter   Estereologia   Laser
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Estereologia | Histoenzimologia | Imunohistoquimica | Laser | Musculo Masseter

Resumo

A laserterapia tem sido muito utilizada, como alternativa para um tratamento convencional na odontologia, especificamente em pacientes com disfunções no sistema estomatognático, caracterizadas por dores crônicas e relacionadas às disfunções temporomandibulares. Atualmente o uso da terapia do laser de baixa intensidade tem crescido, devido o efeito analgésico, antiinflamatório, promoção do relaxamento muscular, redução da fadiga durante as contrações tetânicas, aumento da força de mordida e diminuição da dor orofacial. Embora a laserterapia apresente resultados benéficos na clínica, ainda não é bem compreendido o seu efeito em nível celular. Este estudo tem como objetivo analisar os efeitos das diferentes densidades de aplicações do laser de baixa intensidade (LLLT), sobre o músculo masseter em gerbis Meriones unguiculatus. Os animais divididos em 6 grupos (n=10) cada receberão 10 aplicações com as seguintes densidades em J/cm2: A) 0; B) 0,5; C) 1,0; D) 2,5; E) 5,0 e F) 20 com potência de 5mw, intensidade de 125 mW/cm2 e área de aplicação de 0,04 cm2 constantes. No final das aplicações os animais previamente anestesiados terão os músculos masseteres esquerdos dissecados para análise por meio de: 1. histoenzimologia para atividade da ATPase, NADH e SDH, 2. microscopia de luz, 3. microscopia eletrônica de transmissão, e 4. Imunohistoquímica para VEGF e VEGF R2. Os resultados deste estudo poderão contribuir com os profissionais determinando a segurança para a aplicação do laser e favorecendo a compreensão dos efeitos biológicos da terapia com laser de baixa potência. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
DIAS, Fernando José. Influência de densidades do laser de baixa intensidade sobre o músculo masseter de ratos Wistar. 2010. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto (PCARP/BC) Ribeirão Preto.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.