Busca avançada
Ano de início
Entree

A dimensão de gênero na análise sociológica de desastres: conflitos entre desabrigadas e gestoras de abrigos relacionados as chuvas

Processo: 07/52564-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2007
Vigência (Término): 31 de março de 2009
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Serviço Social - Serviço Social Aplicado
Pesquisador responsável:Norma Felicidade Lopes da Silva Valencio
Beneficiário:Mariana Siena
Instituição-sede: Centro de Educação e Ciências Humanas (CECH). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Defesa civil   Abrigo   Vítimas de desastres   Mulheres   Políticas públicas

Resumo

O aumento dos eventos extremos relacionados às chuvas, somando-se com a vulnerável inserção territorial dos mais pobres, tem gerado um acréscimo no número de desabrigados em todo o país. Desabrigados são aqueles cujos imóveis de uso domiciliar sofreram danificações e/ou destruição, acarretando a desintegração do espaço privado de convivência. Dentre as ações de Defesa Civil em um desastre, a reabilitação prioritária é a organização de abrigos temporários para populações que ficaram desabrigadas. Numa circunstância em que as Mudanças Climáticas poderão provocar um aumento dos eventos extremos, a vulnerabilidade de populações empobrecidas tende a crescer. Decorre daí, a necessidade de melhoramento deste serviço público. Diante isso, cabe, como objetivo geral, uma análise sociológica acerca das lógicas pelas quais essa medida de Defesa Civil vai operar coordenando os diversos órgãos e ações prioritárias, como assistência/social, saúde e outros. Como objetivo específico, este projeto visa debruçar-se sobre o recorte de gênero, analisando comparativamente os desafios da gestão de abrigo sob a ótica das mulheres na situação de comando e daquelas que se encontram abrigadas. Considera-se que as análises comparativas apresentam considerável relevância na promoção de ajustes em políticas públicas que exigem atuação integrada de diversos órgãos. Espera-se que a pesquisa de base qualitativa - a partir de revisão bibliográfica, documental e de campo, na coleta de relatos orais, observação direta e fotodumentação - possibilite gerar subsídios para a gestão pública imbricando o tema das emergências com o da promoção da cidadania. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)