Busca avançada
Ano de início
Entree

Valorizacao do conhecimento tradicional no gerenciamento costeiro participativo da pesca: um estudo de caso no litoral norte do estado de sao paulo.

Processo: 07/56955-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2008
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2010
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Oceanografia - Oceanografia Biológica
Pesquisador responsável:Alexander Turra
Beneficiário:Luciana Yokoyama Xavier
Instituição-sede: Instituto Oceanográfico (IO). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Pesca

Resumo

O desenvolvimento desordenado do setor pesqueiro apresenta problemas que colocam em risco sua sustentabilidade. No Brasil, a gestão desta atividade, além de contar com regulamentação própria, está inserida dentro do Plano Nacional de Gerenciamento Costeiro - PNGC (Lei n° 7.661), que busca realizar uma gestão integrada, descentralizada e participativa da zona costeira. A participação de comunidades tradicionais nos processos de gestão costeira integrada deve acontecer tanto na fase de implementação como na elaboração. A importância da integração do conhecimento dessas comunidades ao conhecimento científico visando o sucesso do gerenciamento é tema abordado recentemente na literatura. As comunidades de pescadores artesanais do Litoral Norte de São Paulo, com base em seus conhecimentos sobre o meio onde vivem, têm concepções próprias sobre como deveria ser realizada a gestão da atividade. Essas concepções que podem ou não divergir dos planos de gestão implementados na área ou entre as comunidades que apresentam diferentes graus de contato com os processos de elaboração de políticas públicas. Assim, o presente trabalho propõe, conciliando uma abordagem fenomenológica e crítico-dialético, levantar os problemas da pesca e soluções identificadas por pescadores artesanais provenientes de duas regiões do Litoral Norte paulista: 1) região norte de Ubatuba, com comunidades mais isoladas e com pouco acesso à informação e órgãos gestores; 2) Caraguatatuba, com comunidades de pescadores em áreas urbanizadas com mais acesso às políticas públicas. Pretende-se comparar essas soluções entre as diferentes comunidades e com as políticas públicas implementadas na região. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.