Busca avançada
Ano de início
Entree

Clonagem e caracterizacao funcional do fator de transicao cscratch2 no contexto do desenvolvimento da crista neural.

Processo: 06/58709-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2007
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2009
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Morfologia - Embriologia
Pesquisador responsável:Chao Yun Irene Yan
Beneficiário:Felipe Monteleone Vieceli
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Diferenciação neuronal   Crista neural

Resumo

A crista neural é determinada nas bordas da placa neural. Após a neurulação, se posiciona dorsalmente ao tubo neural, e suas células sofrem uma transição epitélio-mesenquimal, perdendo propriedades epiteliais e adquirindo propriedades de mesênquima, para migrar e colonizar diversas regiões do embrião, onde se diferenciarão em vários tipos celulares. Dentre os elementos que regem a embriogênese da crista neural, a superfamília de fatores de transcrição Snail se destaca pela conservação evolutiva de sua importância nas etapas de delaminação e migração. O gene Scratch é um membro desta superfamília, e sua expressão foi identificada em diferentes regiões do sistema nervoso em formação. Experimentos de ganho e perda de sua função produziram alterações no desenvolvimento de precursores neurais em Drosophila. Identificamos uma seqüência homóloga a Scratch2 em Gallus gallus através de busca em uma base de dados de proteínas, o que possibilitou a clonagem de sua seqüência parcial. Análises preliminares por RT-PCR e hibridização in situ mostraram que sua expressão se inicia no tubo neural, logo após seu fechamento. Esse projeto tem como objetivo clonar a seqüência total de cScratch2 e estudar sua função através de experimentos de superexpressão no tubo neural por eletroporação in ovo. Além disto, tencionamos analisar a conservação do padrão de expressão do Scratch no desenvolvimento neuronal em vertebrados através de sua caracterização detalhada por RT-PCR e hibridizacões in situ. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)