Busca avançada
Ano de início
Entree

Utilidade de estratégias de investimento baseadas na análise de demosntrações contábeis

Processo: 06/52059-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de outubro de 2006
Vigência (Término): 30 de setembro de 2008
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Administração - Ciências Contábeis
Pesquisador responsável:Alexsandro Broedel Lopes
Beneficiário:Fernando Caio Galdi
Instituição-sede: Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade (FEA). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil

Resumo

Modelos que fazem a ligação entre as informações contábeis e o valor de uma empresa têm sido cada vez mais estudados pela academia e utilizados na prática. A base teórica que sustenta esses modelos foi apresentada por James Ohlson em 1995. Passados oito anos da divulgação do primeiro modelo e de sua extensiva utilização pela academia contábil, no ano de 2003, o próprio Ohlson criticou o modelo anteriormente publicado (o Residual Income Valuation/RIV) e passou a sugerir um novo modelo (o Abnormal Earnings Growth/AEG), que é mais consistente em sua formulação teórica. A pesquisa a ser elaborada se propõe a investigar o poder explicativo dos modelos AEG e RIV para o mercado de capitais brasileiro, considerando que esse é um mercado com características institucionais específicas que podem influenciar na relevância das informações contábeis e, conseqüentemente, no resultado de cada modelo. Trabalhos anteriores testaram esses modelos utilizando as informações contábeis publicadas (realizadas) pelas empresas e não as expectativas dos agentes do mercado, conforme estabelece a estrutura teórica dos modelos. Esse tratamento pode resultar em estimativas visadas do valor das empresas. Assim, o objetivo da pesquisa é o de investigar se essa diferença metodológica (utilização dos dados realizados e não das expectativas) tem implicações significantes nos resultados dos modelos em análise. Para tanto, utilizará, pioneiramente, as projeções dos analistas do mercado brasileiro como proxy das expectativas do mercado. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)