Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da diversidade e abundância do virioplancton no Rio Amazonas, AM - Brasil

Processo: 04/11287-0
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de julho de 2005
Vigência (Término): 31 de outubro de 2010
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia de Ecossistemas
Pesquisador responsável:Dolores Ursula Mehnert
Beneficiário:Manuela Vieira Gimenes
Instituição Sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Biodiversidade   Fitoplâncton de água doce   Rio Amazonas
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Agua Doce | Amazonas | Dgce | Diversidade | Fitoplancton | Virus

Resumo

Os vírus são os agentes biológicos mais comuns em ambientes aquáticos, encontrados tipicamente no número de 10 milhões por litro, na água do mar. O virioplâncton influencia muitos processos ecológicos e biogeoquímicos, como ciclagem de nutriente, taxa de afundamento de partículas, diversidade e distribuição de espécies de algas e bactérias, controle de florações de fitoplâncton, formação de dimetilsulfeto e transferência genética horizontal. O objetivo deste trabalho é analisar o virioplâncton do rio Amazonas em termos de abundância e diversidade, durante ambas as estações seca e chuvosa, avaliando o impacto do lançamento de esgoto sobre esta comunidade. A quantificação viral será feita pelo método de contagem direta por epifluorescência e o estudo da diversidade por PCR, DGGE, sequenciamento e microscopia eletrônica de transmissão. Serão coletadas amostras em 5 estações, ao longo do curso do rio, entre as cidades de Manacapuru (AM) e Itaquatiara (AM), nos meses de março e outubro de 2005. Este é um estudo pioneiro no Brasil, que estará fornecendo dados fundamentais a um melhor entendimento da diversidade desses agentes biológicos, permitindo-nos começar a esboçar a complexa relação entre o virioplâncton e o ecossistema. Dados microbiológicos sobre o rio Amazonas virão complementar os estudos de larga escala de biosfera e atmosfera (LBA), que vêm sendo realizados na região amazônica. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
GIMENES, MANUELA V.; ZANOTTO, PAOLO M. DE A.; SUTTLE, CURTIS A.; DA CUNHA, HILLANDIA B.; MEHNERT, DOLORES U.. Phylodynamics and movement of Phycodnaviruses among aquatic environments. ISME Journal, v. 6, n. 2, p. 237-247, . (05/55164-1, 04/11287-0)
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
GIMENES, Manuela Vieira. Virioplâncton na Amazônia: estudo da diversidade dos vírus das famílias Phycodnaviridae e Myoviridae nos rios Negro, Solimões e Cuieiras.. 2010. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Ciências Biomédicas (ICB/SDI) São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.