Busca avançada
Ano de início
Entree

A inibição de raiz mediada pelo fator de alcalinização rápida 1 de Arabidopsis thaliana é dependente da proteína semelhante a calmodulina 38

Resumo

O Fator de alcalinização rápida 1 (AtRALF1) é um peptídeo hormonal pequeno secretado que inibe o crescimento de raiz reprimindo a expansão celular. Embora seja sabido que AtRALF1 se liga ao receptor da membrana plasmática FERONIA e sinaliza sua mensagem via fosforilação, a via de sinalização do AtRALF1 é ainda muito desconhecida. Aqui, usando o sistema de duplo híbrido de leveduras para buscar proteínas interagentes ao AtRALF1, nós identificamos a proteína semelhante a calmodulina 38 (CML38) como uma proteína interagente ao AtRALF1. Nós também achamos que CML38 e AtRALF1 são ambos secretados e que fisicamente interagem em um modo dependente de Ca2+- e pH. Mutantes para CML38 são insensíveis ao AtRALF1 e tratamento simultâneo com AtRALF1 e CML38 restauram a sensibilidade. Plantas híbridas que não possuem CML38 e tem acúmulo de AtRALF1 não exibem o fenótipo característico causado pela superexpressão do AtRALF1. Embora CML38 seja essencial para a inibição de raiz causada por AtRALF1, parece que não tem efeito na alcalinização causada pelo AtRALF1.Além disto, AtRALF1 marcado com acridinium indicou que a ligação de AtRALF1 a raízes intactas é dependente de CML38. Em resumo, nós descrevemos um novo componente da via de resposta ao AtRALF1. O novo componente é uma proteína semelhante a calmodulina que se liga a AtRAÇF1, é essencial para a inibição de raiz e não tem função na alcalinização causada por AtRALF1. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)