Busca avançada
Ano de início
Entree

Mapeamento das metas do plano nacional de educação 2014-2024 na região dos cerrados do centro-norte do brasil: um estudo quantitativo e qualitativo

Processo: 17/05658-5
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de fevereiro de 2018 - 31 de janeiro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Educação - Planejamento e Avaliação Educacional
Pesquisador responsável:Sandra Fernandes Leite
Beneficiário:Sandra Fernandes Leite
Instituição-sede: Faculdade de Educação (FE). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Pesq. associados: Alex Sandra Jane Andrade Neves ; Ana Martha Santos Vieira ; Andressa Luiza de Souza Mafra ; Bruno Raniere Andrade ; Daniela dos Santos Caetano ; Débora Assumpção e Lima ; Emily Tuany Souza Rosario ; Érico Santos Pimenta ; Fernando Tavares Júnior ; Gustavo Marcelo de Oliveira Silva ; Ingred Luana Souza Rosário Tanihara ; Juan Carlos da Silva Rodrigues de Lima ; Mariana Leal Conceição Nóbrega ; Pâmela Santaguita Betin ; RIZA AMARAL LEMOS ; Sueli Almeida dos Santos ; Sueli Helena de Camargo Palmen ; Taís Dayane Fiori ; Tayná Victória de Lima Mesquita ; Vicente Eudes Lemos Alves
Assunto(s):Educação escolar básica  Indicadores sociais 

Resumo

Os Cerrados do Centro-Norte do Brasil configuram uma região que recobre parcialmente os estados do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia e onde surgem novos polos de expansão da agricultura modernizada brasileira. Esta região ganha destaque e emergência de dinâmicas econômicas associadas ao agronegócio. As mudanças verificadas indicam alterações importantes na estrutura produtiva regional, concretizadas pela introdução de aparatos técnicos modernos e de novos agentes socioeconômicos voltados para atender às demandas desse setor. Mas, também, esse fenômeno é gerador na região de implicações ambientais, econômicas e sociais. Essas mudanças não se espalharam com a mesma intensidade para todos os municípios da região, pelo contrário, a maior parte deles, mesmo ocorrendo aumento da modernização agrícola no campo, não obteve dinamização na economia urbana. Do ponto de vista da educação, esse agronegócio altamente tecnificado exige uma demanda crescente por capacitação. Este projeto de pesquisa assume que a nova economia gerada pelo agronegócio na região de estudo representa ou influencia diretamente os indicadores educacionais. A partir de um conjunto de metas propostas pelo Plano Nacional de Educação (PNE) Lei nº 13.005/2014 voltadas para a Educação Básica e ensino profissionalizante, busca-se estabelecer e discutir criticamente as relações entre o crescimento econômico da região e a melhoria da qualidade de vida local. Busca-se, sobretudo, analisar de que maneira a nova economia impacta nos indicadores educacionais na região. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)