Busca avançada
Ano de início
Entree

A participação da quinase indutora de NFkB na regeneração hepática em camundongos submetidos à hepatectomia parcial.

Processo: 16/18321-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de julho de 2017 - 30 de junho de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Nutrição - Bioquímica da Nutrição
Pesquisador responsável:Adriana Souza Torsoni
Beneficiário:Adriana Souza Torsoni
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Aplicadas (FCA). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Limeira , SP, Brasil
Pesq. associados:Marciane Milanski Ferreira ; Marcio Alberto Torsoni
Assunto(s):Regeneração hepática  Obesidade 

Resumo

Nas últimas décadas, a obesidade e a síndrome metabólica têm se tornado cada vez mais prevalentes na população mundial. A exposição à sobrecarga lipídica é capaz de induzir, não somente, o desenvolvimento de obesidade e suas complicações, como esteatose hepática, mas também programar o indivíduo e seus descendentes, por meio de modificações epigenéticas, à importantes alterações metabólicas por várias gerações. Dentre os mecanismos epigenéticos, a modulação de microRNAs tem ganhado destaque por sua ação direta em genes alvo, através da regulação pós-transcricional. O consumo de dieta hiperlipídica é capaz de induzir alterações na lipogênese hepática, danos mitocondriais oxidativos e processos inflamatórios, mediados por alteração na expressão de microRNAs, o que poderia aumentar a predisposição ao desenvolvimento de alterações como a DHGNA, doença caracterizada pelo acúmulo de TAG no interior dos hepatócitos e que leva mais de 20% dos acometidos à algum tipo de ressecção hepática cirúrgica. A literatura recente aponta que o acúmulo de gordura hepático pode ser um fator prejudicial no processo regenerativo, apesar dos mecanismos envolvidos nesse processo não estarem ainda bem definidos. Postula-se que a ativação exacerbada de elementos chaves das vias inflamatórias, como a via do NFkB, possa ser um dos fatores que desencadeia a falha no processo regenerativo, dependente de inflamação. Sendo assim, o objetivo do presente projeto é investigar se camundongos obesos apresentam prejuízos na regeneração hepática após procedimento de ressecção cirúrgica, decorrente de alterações no funcionamento da via inflamatória não-canônica de NFkB e sua relação com a expressão de microRNAs envolvidos na modulação da inflamação, do reparo tecidual e ciclo celular. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)