Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência de tratamentos de anodização da liga de magnésio az31 sobre seu comportamento de corrosão associada à fadiga em meio fisiológico

Resumo

A resistência à corrosão das ligas de magnésio é baixa para uma grande variedade de aplicações industriais. Na área biomédica, contudo, esta característica pode ser considerada vantajosa para o desenvolvimento de estruturas de fixação temporárias. O principal desafio nestas aplicações é controlar a velocidade de dissolução da liga de magnésio, pois o material precisa manter sua integridade estrutural por um período de tempo suficiente para que ocorra cicatrização óssea na região de uma fratura. Neste sentido, o controle da velocidade de corrosão deve ser realizado por meio de tratamentos de superfície. Processos eletrolíticos como anodização podem ser aplicados às ligas de magnésio para aumentar sua resistência à corrosão, sem introduzir elementos estranhos à composição da liga, os quais poderiam levar a problemas de biocompatibilidade. Ao mesmo tempo em que os tratamentos de superfície são necessários para aumentar a estabilidade química das ligas de magnésio, a resposta desses materiais a tensões cíclicas típicas de aplicações como implantes ortopédicos também é importante. Corrosão associada à fadiga é um fenômeno responsável pela maioria das falhas mecânicas de dispositivos metálicos implantáveis. Com base neste cenário, o objetivo do projeto aqui apresentado é investigar o efeito de tratamentos de anodização da liga de magnésio AZ31 sobre seu comportamento de corrosão associada à fadiga. A técnica de microscopia eletroquímica de varredura (SECM) será empregada para identificar os sítios ativos de corrosão localizada na superfície da liga AZ31, estudando sua correlação com o mecanismo de corrosão associada à fadiga. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DE OLIVEIRA, LEANDRO ANTONIO; PEREIRA DA SILVA, REJANE MARIA; DORION RODAS, ANDREA CECILIA; SOUTO, RICARDO M.; ANTUNES, RENATO ALTOBELLI. Surface chemistry, film morphology, local electrochemical behavior and cytotoxic response of anodized AZ31B magnesium alloy. JOURNAL OF MATERIALS RESEARCH AND TECHNOLOGY-JMR&T, v. 9, n. 6, p. 14754-14770, NOV-DEC 2020. Citações Web of Science: 0.
LEANDRO ANTONIO DE OLIVEIRA; REJANE MARIA PEREIRA DA SILVA; RENATO ALTOBELLI ANTUNES. Scanning Electrochemical Microscopy (SECM) Study of the Electrochemical Behavior of Anodized AZ31B Magnesium Alloy in Simulated Body Fluid. MATERIALS RESEARCH-IBERO-AMERICAN JOURNAL OF MATERIALS, v. 22, n. 5, p. -, 2019.
DE OLIVEIRA, LEANDRO ANTONIO; PEREIRA DA SILVA, REJANE MARIA; ANTUNES, RENATO ALTOBELLI. z Scanning Electrochemical Microscopy (SECM) Study of the Electrochemical Behavior of Anodized AZ31B Magnesium Alloy in Simulated Body Fluid. MATERIALS RESEARCH-IBERO-AMERICAN JOURNAL OF MATERIALS, v. 22, n. 5 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.