Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise da viabilidade técnico-econômica de um sistema automatizado de compostagem acelerada, eficiente energeticamente e de baixo custo

Processo: 15/22646-5
Modalidade de apoio:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE
Vigência: 01 de setembro de 2016 - 31 de maio de 2017
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Sanitária - Saneamento Ambiental
Pesquisador responsável:Fernando Antonio Beltrame
Beneficiário:Fernando Antonio Beltrame
Empresa Sede:Eccaplan Consultoria em Desenvolvimento Sustentável Ltda. - ME
Município: São Paulo
Auxílios(s) vinculado(s):20/09461-4 - Composta Fácil - biorreator para tratamento rápido e de baixo custo para resíduos orgânicos, AP.PIPE
Bolsa(s) vinculada(s):16/22660-0 - Análise da viabilidade técnico-econômica de um sistema automatizado de compostagem acelerada, eficiente energeticamente e de baixo custo, BP.TT
16/15636-6 - Análise da viabilidade técnico-econômica de um sistema automatizado de compostagem acelerada, eficiente energeticamente e de baixo custo, BP.TT
16/15053-0 - Análise da viabilidade técnico-econômica de um sistema automatizado de compostagem acelerada, eficiente energeticamente e de baixo custo, BP.TT
16/14789-3 - Análise da viabilidade técnico-econômica de um sistema automatizado de compostagem acelerada, eficiente energeticamente e de baixo custo, BP.PIPE
16/16204-2 - Análise da viabilidade técnico-econômica de um sistema automatizado de compostagem acelerada, eficiente energeticamente e de baixo custo, BP.TT
Assunto(s):Compostagem  Viabilidade econômica  Tecnologia de baixo custo  Eficiência energética 
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Compostagem | compostagem acelerada | compostagem acelerada de baixo custo | compostagem automática | Tratamento de resíduos orgânicos

Resumo

O objetivo da presente proposta é a análise da viabilidade técnico-econômica de um sistema automatizado de compostagem acelerada, de baixo custo e com eficiência energética. A partir de uma busca de patentes e busca de mercado, constatou-se a inexistência no Brasil de um reator que permita uma compostagem no local de geração, automatizada e acelerada sem gasto de energia, não sendo possível apenas importar uma tecnologia externa, pois as características de composição dos resíduos nos países temperados são bastante distintas dos países tropicais. Constata-se também, no Brasil, grande oportunidade de utilização de fontes renováveis de energia para a automatização do processo de compostagem, que não tem sido abordada no país. Para desenvolvimento do objetivo proposto, serão executadas as seguintes atividades e procedimentos metodológicos: 1) diagnóstico legal e comercial: levantamento de exigências legais e técnicas de órgãos ambientais para uso do equipamento e licenciamento do local de operação; levantamento de exigências para a produção e comercialização da composteira; avaliação de exigências e procedimentos para comercialização do adubo; 2) diagnóstico de inovação e tecnologia: levantamento de tecnologias nacionais e internacionais; levantamento das principais necessidades e dificuldades de grandes geradores e domicílios; mapeamentos dos principais parâmetros que influenciam o processo; estudo de fontes de energia renováveis, que podem ser utilizadas no processo; estudo dos principais micro-organismos utilizados na aceleração do processo de compostagem e redução do volume de resíduos; estudo de materiais que podem ser utilizados para o desenvolvimento da composteira; 3) análise de viabilidade técnica - composteira de pequeno porte: avaliação de modelo de compostagem em contato com a terra; estudo de micro-organismos e produtos que aceleram o processo de compostagem; desenvolvimento e avaliação de um modelo de compostagem de pequeno porte, com e sem contato com a terra; 4) análise de viabilidade técnica - composteira de médio/grande porte: estudo de micro-organismos e produtos que aceleram o processo de compostagem; teste do processo de compostagem em leiras abertas; teste do processo de compostagem em equipamento do mercado; desenvolvimento e avaliação de equipamento para realização da compostagem controlada; 5) conclusão: elaboração de parecer de viabilidade técnica do modelo de compostagem para pequenos geradores; elaboração de parecer de viabilidade técnica do modelo de compostagem para médios e grandes geradores. Dessa forma, a presente proposta contribuirá para o avanço dos processos de tratamento de resíduos sólidos orgânicos no Brasil, por meio análise e proposição de um produto que permitirá o tratamento local dos resíduos a baixos custos, com eficiência energética, adaptável a diversos ambientes e com produção de um composto de alta qualidade. Contribuirá também para o entendimento do comportamento das variáveis que influenciam o processo de compostagem, permitindo maior controle do mesmo. A partir da constatação da inexistência da comercialização de tal tipo de reator no Brasil, acredita-se que o produto gerará uma grande oportunidade de negócios para a empresa, levando-se em consideração a facilitação do processo de compostagem e consequente possibilidade de uma maior aderência à prática pela população e pelos médios e grandes geradores de resíduos orgânicos. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)