Busca avançada
Ano de início
Entree

Monitor de pressão arterial em tempo real, não invasivo, utilizando sinais do eletrocardiograma e fotoplestimografia

Resumo

O avanço da tecnologia em equipamentos eletrônicos de assistência à saúde vem desencadeando a necessidade de projetar equipamentos não invasivos para medir e monitorar diversos tipos de sinais fisiológicos. Entre os principais sinais vitais, pode-se destacar o Eletrocardiograma (ECG), a Pressão Arterial (PA) e a Fotopletismografia (PPG), os quais serão o foco para o presente projeto de pesquisa. A Pressão Arterial pode ser medida da forma direta, por meio do método invasivo de cateterização de uma artéria acoplada a um transdutor de pressão, e da forma indireta, por meio de métodos não invasivos que utilizem, por exemplo, sinais de ECG e PPG para detectar as pressões sistólica e diastólica. A motivação deste projeto é a dificuldade em determinar a PA através de um método não invasivo utilizando os sinais de ECG e PPG, e que seja fidedigno ao valor real. O objetivo deste projeto é o desenvolvimento de um sistema eletrônico microprocessado composto de hardware, firmware e software para determinar a PA através dos sinais fisiológicos de ECG e PPG. O sistema eletrônico será composto de um hardware dedicado para captar os sinais elétricos de eletrodos (eletrocardiografia) e sensores (fotopletismografia), os quais serão recebidos e processados pelo microprocessador e enviados ao PC para realizar o processamento dos sinais, por meio de filtragem, adequação e captação dos parâmetros principais dos sinais, para finalmente calcular as pressões sistólica e diastólica. O cálculo das pressões é definido por um algoritmo que utiliza os parâmetros captados dos sinais contínuos e sincronizados de ECG e PPG e os parâmetros de calibração, o qual o principal parâmetro é o intervalo de tempo entre o pico da onda R do ECG e a metade da curva de subida da onda do PPG. Ao final, espera-se que seja atingido o objetivo principal deste projeto, onde o sistema eletrônico calcule pelo método indireto a Pressão Arterial, contribuindo para um novo método não invasivo que utilize sinais fisiológicos com características já conhecidas e dominadas, onde o principal desafio é encontrar os melhores parâmetros e constantes para o algoritmo do cálculo das pressões sistólica e diastólica. O desenvolvimento deste projeto impactará na contribuição científica ao apresentar um estudo e desenvolvimento de um método de cálculo da Pressão Arterial e no conforto do usuário quando submetido a algum procedimento que necessite de monitores multiparâmetros, diminuindo a quantidade de sensores e fios conectados a ele, pois o método utiliza sinais fisiológicos de ECG e PPG para calcular a PA, sem a necessidade de um manguito ou cuff inflável com pressões constantes, o que, também, gera desconforto ao usuário. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)