Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência da citroterapia na produção de prostaglandinas de mulheres saudáveis durante a menstruação

Resumo

O corpo da mulher sofre diversas modificações hormonais necessárias para a preparação da gestação. Dessa forma, os níveis de estrógeno e progesterona atuam ciclicamente em resposta ou não a uma fecundação. Se, durante o ciclo, não ocorrer a implantação do óvulo, os níveis hormonais diminuem drasticamente, aumentando consequentemente a concentração de prostaglandina (PG) circundante pela ação da enzima cicloxigenase. As PGs além de estarem envolvidas em processos fisiológicos como, por exemplo, o controle vascular, a secreção de ácido pelo estômago entre outros, contribuí para o desenvolvimento e manutenção do processo inflamatório. As PGF2± e a PGE2, muito produzidas durante a menstruação, são vasoconstritoras e possivelmente participam da contração do endométrio, causando dor uterina intensa, conhecida como dismenorreia. Dependendo da intensidade, as cólicas menstruais podem ser controladas pelo uso de anti-inflamatórios não hormonais por meio do bloqueio da síntese de PGs. Entretanto, esse tipo de opção terapêutica produz efeitos colaterais que podem restringir sua utilização por longos períodos. Neste sentido, a utilização de produtos fitoterápicos vem sendo proposta como alternativa para o controle dos sintomas inflamatórios. O limão Taiti (Citrus latifolia), testado por nós em ensaio clínico anterior, tem se mostrado eficaz no controle dos efeitos da menstruação em mulheres que apresentam ciclos desregulados. Entretanto, os mecanismos de atuação não são conhecidos mas, a inibição da cascata de produção dos ácidos araquidônicos é uma das possibilidade. Deste modo, pretende-se estudar o efeito da citroterapia a base de suco do limão Taiti (Citrus latifolia) na produção de PGs e na expressão gênica de transcritos envolvidos nas vias de síntese das PGs em mulheres saudáveis durante a menstruação. Para isso, serão convidadas mulheres voluntárias normais (n=45) em período fértil e na faixa etária entre 18 a 40 anos de idade. Para realização da pesquisa, as voluntárias serão divididas de forma aleatória em três grupos em função do tipo de estimulação a que serão expostas: Grupo Limão (G1, n=15), Grupo Meloxican (G2, n=15) e Grupo Controle (G3, n=15), o qual não sofrerá intervenção. O sangue menstrual e total serão coletados e utilizados para dosagem plasmática de PGE2 e PGF2± a fim de comparar o efeito uterino e sistêmico da citroterapia. Por outro lado, pretende-se realizar cultura de células sanguíneas (periférico) estimulada ou não com LPS para analisar a atividade regulatória do limão na expressão gênica de transcritos envolvidos na via de síntese das PGs como, por exemplo, IL-1b, IL-6, TNFa, AKR1B1 e AKR1C3. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ROBELDO, THAIANE; CANZI, EDIONE FATIMA; DE ANDRADE, PRISCILA MARIA; PEDOTTE SANTANA, JHONNE PEDRO; TEIXEIRA, FELIPE ROBERTI; SPAGNOL, VALENTINE; NORONHA SALES MAIA, BEATRIZ HELENA LAMEIRO; CARBOL, MARISTELA; CANEIRA, ERIKA GONCALVES; DAS GRACAS FERNANDES DA SILVA, MARIA FATIMA; BORRA, RICARDO CARNEIRO. Effect of Tahiti lime (Citrus latifolia) juice on the Production of the PGF2 alpha/PGE2 and Pro-Inflammatory Cytokines involved in Menstruation. SCIENTIFIC REPORTS, v. 10, n. 1 APR 27 2020. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.