Busca avançada
Ano de início
Entree

Sensor fotorrefrativo para medida de vibrações mecânicas em 2d

Processo: 16/00785-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de junho de 2016 - 30 de novembro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Áreas Clássicas de Fenomenologia e suas Aplicações
Pesquisador responsável:Ivan de Oliveira
Beneficiário:Ivan de Oliveira
Instituição-sede: Faculdade de Tecnologia (FT). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Limeira , SP, Brasil
Assunto(s):Óptica  Holografia  Cristais fotorrefrativos  Interferometria 

Resumo

A técnica da ``Holografia interferométrica''(HI) para medida de vibrações mecânicas em 2D, utilizando cristais fotorrefrativos como sensores ópticos \cite{Huignard:77AO,bruno:96deformation,Frejlich:00OLEadva,Liou:07OEXP} é de grande interesse para a medida de vibrações mecânicas e deformações em 2D. O uso de cristais fotorrefrativos como sensores, permite o uso da mesma montagem para ambos tipos de medida, aproveitando o tempo de resposta relativamente lento de alguns fotorrefrativos. Para a medida de vibrações utilizamos a variante de ``Holografia Interferométrica em Média Temporal'' (HIMT) enquanto que para a medida de deformações usamos a variante de ``Holografia Interferométrica por Dupla Exposição'' (HIDE). A técnica HI e as duas variantes mencionadas são conhecidas e descritas na literatura \cite{Magnusson:87,Dirksen:94JOSAB,Sefel:11AOP} mas o equipamento é complexo, caro, pouco flexível e requer operadores altamente qualificados para operá-lo. Por esses motivos, essa técnica foi preterida pela holografia digital. O objetivo central deste projeto é o de reunir as informações já existentes sobre o assunto e utilizar nossa experiência com cristais fotorrefrativos, para desenvolver uma montagem mais simples, mais eficiente e relativamente econômica, para viabilizar seu uso industrial. Esse projeto é uma extensão de um projeto de cooperação internacional (encerrado) (International Cooperation Project CAPES-WBI) entre o Laboratório de Óptica do IFGW da Universidade Estadual de Campinas/UNICAMP, no qual sou colaborador, e o Centre Spatial de Liège da Université de Liège-Belgium no qual realizei um estágio de pesquisa durante 6 meses (08/2014 a 01/2015) com bolsa FAPESP (Proc:2014/06283-7). É importante salientarmos que o presente projeto se destina a aquisição de alguns equipamentos que permitirão melhorar os resultados preliminares já obtidos. O projeto financiado pela CAPES teve apenas itens financiáveis como a viagens dos pesquisadores envolvidos no projeto e não há qualquer tipo de financiamento para a aquisição de equipamentos. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)