Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da capacidade de exercício e dos mecanismos determinantes de limitação ao esforço em pacientes com Histiocitose pulmonar de células de Langerhans

Processo: 15/06604-0
Modalidade de apoio:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de setembro de 2015 - 31 de agosto de 2017
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Bruno Guedes Baldi
Beneficiário:Bruno Guedes Baldi
Instituição Sede: Instituto do Coração Professor Euryclides de Jesus Zerbini (INCOR). Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HCFMUSP). Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Pesquisadores associados: Glaucia Itamaro Heiden ; Rogério de Souza
Assunto(s):Pneumologia  Histiocitose de células de Langerhans  Dispneia  Hipertensão pulmonar  Teste de esforço 
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Dispnéia | Hipertensão pulmonar | Histiocitose de Células de Langerhans | teste de esforço | Pneumologia

Resumo

A Histiocitose de Células de Langerhans Pulmonar (HCLP) se caracteriza pela infiltração de células de Langerhans e formação de granulomas frouxos com infiltrado linfocítico, com formação de lesões nodulares e císticas na tomografia de tórax e geralmente se associa ao tabagismo. Funcionalmente, pode haver distúrbio obstrutivo e/ou restritivo, com redução da capacidade de difusão do monóxido de carbono. Dispneia e menor tolerância ao esforço são frequentes na HCLP, mas a capacidade de exercício nessa doença é pouco conhecida e não foi comparada a controles. Ainda, os mecanismos envolvidos na limitação ao esforço são pouco compreendidos e abrangem múltiplos fatores como alteração de troca gasosa, hipertensão pulmonar (HP), hiperinsuflação dinâmica, descondicionamento físico e insuficiência cardíaca esquerda. O envolvimento vascular pulmonar na HCLP, de prevalência desconhecida, contribui para os sintomas. Na classificação de HP, a HCLP pertence ao grupo 5, de etiologia multifatorial. A definição da presença e da contribuição dos mecanismos de dispneia em gravidades diferentes de HCLP é importante para compreensão da doença e individualização do tratamento. O objetivo do estudo é avaliar a capacidade de exercício de pacientes com HCLP, os mecanismos determinantes de dispneia e de menor tolerância ao esforço além do seu impacto na qualidade de vida. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
HEIDEN, GLAUCIA ITAMARO; FREITAS, CAROLINA; SOBRAL, JULIANA BARBOSA; KAIRALLA, RONALDO; CARVALHO, CARLOS ROBERTO; SALGE, JOAO MARCOS; ALBUQUERQUE, ANDRE LUIS; SOUZA, ROGERIO; BALDI, BRUNO. Exercise in patients with pulmonary Langerhans cell histiocytosis: performance and mechanisms of limitation. European Respiratory Journal, v. 50, p. 1-pg., . (15/06604-0)
HEIDEN, GLAUCIA ITAMARO; SOBRAL, JULIANA BARBOSA; GONCALVES FREITAS, CAROLINA SALIM; PEREIRA DE ALBUQUERQUE, ANDRE LUIS; SALGE, JOAO MARCOS; KAIRALLA, RONALDO ADIB; CESAR DOS SANTOS FERNANDES, CAIO JULIO; RIBEIRO CARVALHO, CARLOS ROBERTO; SOUZA, ROGERIO; BALDI, BRUNO GUEDES. Mechanisms of Exercise Limitation and Prevalence of Pulmonary Hypertension in Pulmonary Langerhans Cell Histiocytosis. CHEST, v. 158, n. 6, p. 2440-2448, . (15/06604-0)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.