Busca avançada
Ano de início
Entree

Reconhecimento e distinção de espécies no complexo Passiflora sidifolia

Processo: 15/03105-3
Modalidade de apoio:Auxílio à Pesquisa - Publicações científicas - Artigo
Vigência: 01 de junho de 2015 - 30 de novembro de 2015
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Botânica - Taxonomia Vegetal
Pesquisador responsável:Luís Carlos Bernacci
Beneficiário:Luís Carlos Bernacci
Instituição Sede: Instituto Agronômico (IAC). Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA). Secretaria de Agricultura e Abastecimento (São Paulo - Estado). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Morfologia vegetal  Análise numérica  Passifloraceae  Passiflora  Publicações de divulgação científica  Artigo científico 
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Análises multivariadas | Arquitetura foliar | Leaf Architecture Working Group | Morfologia | Morphology | Multivariate statistical analysis | Passifloraceae | Taxonomia | Taxonomy | análise numérica

Resumo

A variação na morfologia foliar observada em Passifloraceae é uma das maiores descritas entre as Angiospermas, tal que algumas espécies da família podem ser distintas através de suas folhas. Entretanto, outras espécies são difíceis de reconhecer baseado somente na morfologia vegetal ou mesmo pelas flores e características macromoleculares. Buscando verificar as similaridades e diferenças entre as espécies Passiflora actinia, P. elegans, P. sidifolia e P. watsoniana, análises detalhadas foram realizadas especialmente envolvendo características morfológicas da lâmina foliar, especialmente forma e venação, e das flores. As análises incluíram desde variáveis contínuas a qualitativas, sendo usado o coeficiente de Gower. Foram realizadas análises de coordenadas principais (PCOa) e análises de agrupamento. Características não previamente utilizadas para as Passifloraceae, tais como venação foliar, se mostram importantes para a distinção de P. watsoniana das outras espécies. A análise incluindo apenas P. actinia, P. sidifolia e P. elegans evidenciaram uma clara distinção entre elas. Apesar da grande variabilidade observada em P. elegans, as analyses revelaram que as diferentes populações de diferentes regiões tinham maiores similaridades entre si do que com qualquer outra espécie. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)