Busca avançada
Ano de início
Entree

The sialotranscriptome of Amblyomma triste, Amblyomma parvum and Amblyomma cajennense ticks uncovered by 454-based RNA-Seq

Resumo

Constituintes salivares de carrapatos antagonizam respostas imunes, hemostáticas e inflamatórias do hospedeiro, favorecendo a alimentação do carrapato com sangue e o estabelecimento de patógenos transmitidas por carrapatos em hospedeiros durante hematofagia. Amblyomma triste, A. cajennense e A. parvum são carrapatos muito importantes para a saúde humana e veterinária, porque eles são vetores de agentes etiológicos de várias doenças. Insights sobre os componentes salivares do carrapato envolvidos na alimentação de sangue são essenciais para a compreensão das interações vetor - patógeno-hospedeiro, e o perfil transcricional de glândulas salivares é uma ferramenta poderosa para fazê-lo. Nós anotamos os sialotranscriptomes destas três espécies de Amblyomma, o que permitiu fazer comparações entre estas e outras espécies de artrópodes hematófagos. mRNA das glândulas salivares de A. triste , A. cajennense e A. parvum alimentados com diferentes espécies hospedeiras foram pirosequenciados em uma plataforma 454 -Roche para gerar quatro bibliotecas de A. triste (ninfas alimentadas com cobaias e fêmeas alimentadas com cães), um de A. cajennense (fêmeas alimentadas em coelhos) e um de A. parvum (fêmeas alimentadas em cães). As análises de bioinformática utilizaram um pipeline personalizado que executa montagem padrão e alinhamento com algoritmos a bancos de dados e servidores de proteínas. Cada biblioteca rendeu uma média de 100.000 leituras, que foram montadas para obter contigs de sequências codificadoras (CDS). As análises do sialotranscriptome de A. triste, A. cajennense e A. parvum produziram 11.240, 4.604 e 3.796 CDS, respectivamente. Estes CDSs foram classificados em mais de 100 famílias de proteínas distintas com uma vasta gama de funções putativas envolvidas em processos fisiológicos e de alimentação de sangue e foram catalogados e anotados em planilhas hiperlincados. Destacamos os transcritos putativos que codificam componentes da saliva com um papel crítico durante o parasitismo, como anticoagulantes, imunossupressores e moléculas anti-inflamatórias. O conteúdo salivar passou por mudanças na abundância e repertório de muitas transcrições, o que dependia das espécies de carrapatos e hospedeiros. Os sialotranscriptomas anotados aqui e descritos em profundidade ampliam o conhecimento biológico dessas três espécies Amblyomma. Estas bases de dados completos serão úteis para a caracterização de proteínas salivares e pode ser aplicado para controlar carrapatos (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)