Busca avançada
Ano de início
Entree

Governança ambiental no Brasil: entre o socioambientalismo e a economia verde

Resumo

O encontro da Rio+20 representa o mais recente marco do processo de governança ambiental global. O Brasil tem ocupado uma posição privilegiada de uma economia emergente democrática e detentora de uma grande parcela dos recursos naturais e serviços ambientais do planeta e, ao mesmo tempo, apresenta políticas socioambientais inovadoras tais como territórios sustentáveis, alta proporção de energia renovável e metas ambiciosas de redução de emissão de carbono. Entretanto, este quadro se contradiz com a atual política de desenvolvimento econômico baseada em commodities. E observa-se uma nova estrutura de relações entre os atores da sociedade, incluindo-se o poder público, gera novos processos nas diferentes escalas global, nacional e local. Estas novas estruturas e processos multe escalares trazem novas indagações a respeito das implicações na governança ambiental e climática no Brasil. Este livro aborda o processo de mudança entre o contexto social, político e econômico de 1992 a 2012 e as consequências para a governança atual no Brasil. Os capítulos abordam diferentes aspectos a partir de um arcabouço conceitual comum enfocando processos e interações em ecossistemas e sistemas de produção diferentes. E por fim, ressaltamos que os capítulos passaram pela revisão de dois pareceristas anônimos de modo a garantir a qualidade do conteúdo. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)