Busca avançada
Ano de início
Entree

O lugar do sagrado: aristocracia senatorial, espaço urbano e mudança religiosa na Roma Tardo-Antiga (312-535 D.C.)

Resumo

O objetivo deste trabalho é analisar o envolvimento da aristocracia senatorial romana nos desenvolvimentos religiosos e urbanísticos que afetaram a cidade de Roma entre o início do século IV e o início do século VI d.C. Este período foi marcado por profundas transformações na cidade, que afetaram todos os aspectos da sociedade romana. Dentre estas, historiadores e arqueólogos dão atenção especial às mudanças religiosas associadas à cristianização, assim como à redefinição física e topográfica da Urbs, descritas como a conversão da antiga capital imperial pagã e clássica no centro da Cristandade medieval. Este projeto visa estudar as relações entre estes dois processos, um religioso e outro físico/urbanístico, questionando as narrativas teleológicas associadas ao triunfalismo cristão e à ideia de um declínio do mundo antigo. Para isso, iremos nos concentrar na maneira como um grupo social específico, a aristocracia senatorial romana, se apropriou do espaço urbano através de obras, rituais, doações e reuniões de caráter religioso. As ações desse grupo são bem documentadas e recobrem uma ampla gama de comportamentos e espaços da cidade, o que o torna um foco de análise muito rico. Isso será feito a partir da análise de fontes epigráficas e literárias, assim como do exame de contextos arqueológicos específicos, particularmente associados a este grupo social. Buscaremos, assim, contribuir para uma melhor compreensão da história da cidade e das transformações religiosas que ajudaram a definir esse período. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)