Busca avançada
Ano de início
Entree

A ocupação paleoíndia no estado de São Paulo: uma abordagem geoarqueológica II

Processo: 13/13794-5
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de abril de 2014 - 31 de março de 2016
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Arqueologia - Teoria e Método em Arqueologia
Pesquisador responsável:Astolfo Gomes de Mello Araujo
Beneficiário:Astolfo Gomes de Mello Araujo
Instituição-sede: Museu de Arqueologia e Etnologia (MAE). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Pesq. associados: Antonio Carlos Sarti ; Fabio Parenti ; Julio Cesar Paisani ; Maria Mercedes Martinez Okumura ; Walter Alves Neves
Assunto(s):Geoarqueologia  Paleoíndios  Sítios arqueológicos  Américas  Paleoclimatologia 

Resumo

Este projeto visa ampliar as atividades desenvolvidas durante o projeto "A Ocupação Paleoíndia no Estado de São Paulo: Uma Abordagem Geoarqueológica", financiado pela FAPESP entre 2009 e 2012 (proc. no. 2009/54720-9). O objetivo geral do projeto é contribuir para o entendimento dos processos relacionados à ocupação do Sudeste brasileiro pelos primeiros grupos humanos que chegaram às Américas. Paralelamente, pretende-se contribuir para o desenvolvimento da Geoarqueologia em ambientes tropicais, bem como para o conhecimento dos paleoambientes vigentes no Sudeste brasileiro durante a transição Pleistoceno / Holoceno e sua relação com os grupos humanos. O projeto se divide em quatro eixos de ação principais: 1) prospecção arqueológica explicitamente voltada para a detecção de sítios relacionados ao Período Paleoíndio; 2) inserção das indústrias líticas paleoíndias do Estado de São Paulo no panorama do leste da América do Sul; 3) estudo dos processos de formação atuantes em tais sítios, levando em conta as variações climáticas ocorridas nos últimos 12.000 anos e suas possíveis consequências em termos geomorfológicos e de paisagens; 4) integração dos dados, com o objetivo de contribuir para a reconstituição dos cenários paleoambientais vigentes na região, relacionando tais cenários à dinâmica populacional dos primeiros grupos humanos que habitaram o Sudeste brasileiro no início do Holoceno. Enquanto os dois primeiros eixos se remete a métodos e procedimentos arqueológicos com interface na estatística, o segundo e terceiro eixos dialogam fortemente com as Ciências da Terra, aplicando uma abordagem integradora, levando em conta os processos de acumulação antrópica, geomorfogênese e indicadores paleoclimáticos. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Revista Pesquisa FAPESP sobre o auxílio::
Settlers and farmers 
Agricultores y sedentarios 
Agricultores e sedentários 
Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)