Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação das próteses totais elaboradas no Centro de Especialidades Odontológicas da FORP-USP: impacto e custo-benefício sobredentaduras, sobre implantes para o projeto Brasil sorridente

Processo: 06/61490-1
Modalidade de apoio:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa em Políticas Públicas para o SUS
Vigência: 01 de maio de 2007 - 31 de outubro de 2008
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Clínica Odontológica
Convênio/Acordo: CNPq - PPSUS
Pesquisador responsável:Ricardo Faria Ribeiro
Beneficiário:Ricardo Faria Ribeiro
Instituição Sede: Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto (FORP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Prótese total  Dentaduras  Implantes dentários  Educação a distância  Cuidado periódico  Qualidade da assistência à saúde 
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Avaliacao | Educacao A Distancia | Implantes | Protese Total Convencional | Sobredentaduras | Teleodontologia
Publicação FAPESP:https://media.fapesp.br/bv/uploads/pdfs/Pesquisa...publicas_231_174_174.pdf

Resumo

Durante muito tempo a assistência odontológica prestada em serviços públicos brasileiros esteve restringida a procedimentos básicos, e ainda assim com grande demanda reprimida. Segundo dados do Sistema de Informações Ambulatoriais (SIA/SUS) de 2002, apenas 3,5% do total de procedimentos clínicos odontológicos eram de serviços especializados. Consequentemente a oferta de serviços de Atenção Secundária e Terciária é deficiente totalmente desconexa da Atenção Básica, que teve grande avanço. É fato que as alternativas convencionais do tratamento reabilitador protético não podem e não devem ser desconsideradas, mas a realidade do uso das próteses totais convencionais, especialmente para o arco mandibular, traz à tona que muitos pacientes não conseguem se adaptar a essa modalidade de tratamento. Outros devido às mudanças teciduais regressivas e/ou problemas sistêmicos advindos do envelhecimento podem se tornar não adaptados a essa condição (ZARB, ECKERT, MERICSKE-STERN, 2006). Ainda segundo os autores, a qualidade de vida e profundamente alterada por estas condições, e apesar de todos os esforços do cirurgião-dentista, tanto técnico-clínicos quanto emocionais, os resultados são imprevisíveis, gerando situações de frustração em ambas as partes envolvidas (profissional e paciente). Assim, é objetivo deste projeto avaliar pacientes que receberam próteses totais inferiores quanto à utilização das próteses, adequação dos tratamentos recebidos (qualidade e manutenção das próteses), qualidade de vida e a necessidade de que possam receber sobredentaduras sobre implantes, corrigindo os possíveis problemas encontrados. Também, avaliar o impacto e o custo-benefício da incorporação destes procedimentos junto ao centro de especialidades odontológicas do projeto Brasil sorridente. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)