Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação de estrutura, processo e resultado da assistência à hipertensão arterial e ao diabetes na estratégia Saúde da Família

Resumo

Diante da expressiva utilização da Atenção Primária à Saúde (APS) no cuidado à Hipertensão Arterial e ao Diabetes é evidente que houve avanços na trajetória do SUS em busca de modelos de assistência à saúde que fortalecessem suas diretrizes e seus princípios e respondessem às reais necessidades de saúde dos usuários que buscam cuidados em saúde, assim nasce a Estratégia Saúde da Família (ESF), fruto da tentativa de reorganização da Atenção Básica. É caracterizada pelo trabalho em equipe multiprofissional, especialmente de prevenção e promoção à saúde, em um território definido, o que promove o vínculo com a comunidade, visando o cuidado integral e longitudinal do indivíduo e sua família, através de um conceito ampliado de saúde. Assim, esse modelo de atenção à saúde converge com as necessidades dos portadores de Hipertensão Arterial e Diabetes, visto que estes têm sido crescentes problemas em saúde pública. Apesar desses avanços, a APS é cercada por fragilidades. Nesse sentido, aponta-se a necessidade de realização de estudos que avaliem a qualidade dos serviços de saúde. Portanto, pretende-se realizar um estudo, com abordagem quanti-qualitativa, focado na avaliação da qualidade da assistência à saúde e sua relação com a percepção do portador de Hipertensão Arterial e Diabetes e dos profissionais da equipe de saúde da família. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)